ASSINE
Notícias, bastidores e entrevistas exclusivas com quem é assunto no mundo dos famosos, rol de celebridades e personalidades do entretenimento que circulam no Showbiz

Luan Santana ao lançar "Morena": “Fiz muita música no Espírito Santo”

Cantor também revela planos para a carreira internacional e abre o jogo sobre namoro: “Ainda não tenho uma morena em minha vida e estou bem tranquilo com isso”

Vitória
Publicado em 19/06/2021 às 11h47
O cantor Luan Santana
O cantor Luan Santana. Crédito: Rodolfo Magalhães

Janeiro de 2021 foi superprodutivo para Luan Santana, que passou uns dias no Espírito Santo e, nesta sexta-feira (18), confirmou: “Fiz muitas músicas no Estado e, inclusive, uma delas está para ser lançada. Vamos entrar no ciclo de lançar uma atrás da outra, com ação, para a máquina ficar girando a todo vapor. Ainda não sei a ordem, mas até o fim do ano faremos esse método de lançamento sendo que a última sai em dezembro, quando a gente lança o álbum”.

A coluna, que não é boba nem nada, conversou com o cantor durante a coletiva de imprensa de lançamento de “Morena”, seu mais recente hit, que em menos de 4h conquistou mais de 400 mil visualizações só no YouTube. “É um clipe sexy, mas também é tenso. Tem uma surpresa no final... E a morena, a pessoa, tinha que ser alguém que tivesse essa experiência na câmera para encarnar essa pessoa de filme de ação, mistério, enigma...”.

Luan também diz que chegou a fazer aulas de interpretação para viver o detetive policial que ele interpreta durante o clipe. “Fiz aula de teatro. Para saber como pegava em uma arma, por exemplo. Eu nunca tinha pegado em uma arma, mas tinha que saber como pegar, como sacar, o olhar que faz”, detalha.

O cantor Luan Santana
O cantor Luan Santana durante coletiva de imprensa do lançamento de "Morena". Crédito: Reprodução/Caldi Comunicação

E continua: “Eu me vejo atuando, fazendo filme. Acho que é uma extensão da sua arte. E o filme que me tiver vai ter música. E já temos um plano bem encaminhado”.

Sobre os próximos passos da carreira, o sertanejo não foge de dizer que está programando, sim, sua estreia no mundo pop internacional. Em breve, ele vai gravar em espanhol. “Quero primeiro gravar em espanhol, acho que é mais parecido com a gente... Somos latinos, o jeito de lançar, de trabalhar, é mais parecido. Já falo com alguns artistas internacionais no WhatsApp, nomes que todo mundo conhece, mas que não posso falar ainda”, completa.

HARMONIZAÇÃO FACIAL E NAMORO

Assim que voltou aos holofotes da mídia depois de alguns meses meio off por conta da pandemia da Covid-19 no Brasil, a aparência de Luan Santana foi tema de vários comentários na internet. Entre emagrecimento exagerado e rumores de harmonização facial, o cantor assume: “Sou super a favor de a pessoa fazer tudo, mas nunca tive coragem de fazer nada”.

E continua: “Nunca fiz nada no rosto. Eu emagreci muito, então perdi muito do rosto, do corpo, perdi gordura mesmo. Então acho que o contorno do rosto marcou mais. Mas não fiz nada. Se tivesse feito, não teria problema em dizer”.

Em outro questionamento polêmico feito por jornalistas durante a entrevista, Luan também abriu o jogo sobre o seu real estado civil e boatos sobre namoro: “Ainda não tenho uma morena na minha vida e estou bem tranquilo, bem feliz, focado nos meus projetos. Estou começando a carreira internacional agora, estudando outras línguas, fora o trabalho no Brasil que não pode parar. Estou me acostumando com esse novo jeito de lançar música, o tempo entre uma e outra é menor, e não posso parar”.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Música capixaba capixaba celebridades espírito santo Famosos luan santana Sertanejo

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.