ASSINE
Lucy Mizael é personal organizer, expert em técnicas de limpeza e rotinas domésticas. Estuda e testa receitas que visam facilitar o dia-a-dia das pessoas nos afazeres domésticos

Quer afastar as aranhas? Aprenda a fazer o repelente caseiro

Lucy Mizael ensina duas receitas fáceis para afastar aranhas domésticas e de jardim

Publicado em 18/03/2021 às 13h50
controle de pragas
Uma vez por semana, após a limpeza da casa, borrife o limpador em um pano e passe nos locais que mais aparecem as aranhas. Crédito: Freepik

Essa receita de repelente caseiro serve para afastar aranhas domésticas e de jardim. Confira abaixo. 

Repelente com cravo e cânfora

Ingredientes:

500 ml álcool líquido comum

Este vídeo pode te interessar

15 cravos-da-Índia

2 pastilhas de cânfora (compra na farmácia)

Modo de fazer: triture a cânfora e coloque no álcool. Adicione os cravos-da-Índia. Deixe em infusão por 24h para a cânfora derreter e os cravos soltarem os óleos.

Modo de usar: uma vez por semana, após a limpeza da casa, borrife o limpador em um pano e passe nos locais que mais aparecem as aranhas. Pode passar atrás dos móveis, quadros e nos armários. 

Repelente com alecrim e cânfora

Ingredientes:

500 ml de álcool líquido comum

5 raminhos de alecrim

2 pedras de cânfora (compra na farmácia)

Modo de fazer: macere o alecrim para soltar o óleo, triture a cânfora. Coloque tudo no litro de álcool. Deixe em infusão por 7 dias.

Como usar: uma vez por semana, após a limpeza da casa, borrife o limpador em um pano e passe nos locais que mais aparecem as aranhas. Pode passar atrás dos móveis, quadros, nos armários.

Recomendações importantes

Elimine as teias de aranha, evite entulhos e amontoados de objetos pelos cantos da casa, quintal ou garagem. Sacolas velhas, jornal, garrafas, caixas são lugares que as aranhas gostam de ficar.

Evite plantas densas como trepadeira, bananeiras e arbustos

Tampe buracos no chão e parede. 

A Gazeta integra o

Saiba mais
opinião

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.