ASSINE
É jornalista e tem um olhar atento sobre comportamento, arte, relacionamentos e lifestyle. Compartilha as suas ideias sempre com a intenção de criar ambientes favoráveis ao desenvolvimento das pessoas

Como desenvolver novas habilidades

O avanço tecnológico transformou radicalmente os relacionamentos. Neste processo, acredito que precisaremos incluir a leveza e a curiosidade em nossa “bagagem” rumo a esse novo mundo

Publicado em 22/08/2020 às 08h00
Atualizado em 24/08/2020 às 18h56
computador, tablet, smartphone
"A curiosidade é uma ferramenta fundamental para entrar neste novo tempo". Crédito: Pixabay

Não há como negar, vivemos uma mudança de tempo.

O avanço tecnológico, a internet e os aparelhos móveis que possibilitam a conectividade entre as pessoas, independentemente de suas distâncias geográficas, transformou radicalmente os relacionamentos. Neste processo, acredito que precisaremos incluir a leveza e a curiosidade em nossa “bagagem” rumo a esse novo mundo. Leveza é fundamental. Para ser um bom explorador, é preciso estar com menos pesos, abrir espaços em nossa mente e em nossa vida. É importante fazer uma faxina no nosso “hardware” para receber a atualização,.Precisamos “desinstalar” determinados programas que não servem mais e, assim, abrir espaço para novos armazenamentos que possibilitarão pensamentos atuais e novas conexões.

Neste momento: “esquecer é tão importante quanto lembrar”.

A curiosidade é outra ferramenta fundamental para entrar neste novo tempo. A escritora Elizabeth Gilbert diz: “uma vida criativa é qualquer vida em que, consistentemente, rotineiramente, repetidamente, você escolhe o caminho da curiosidade ao invés do caminho do meio”.

A vida é relacionamento e, quanto mais positivo for um relacionamento, mais próximos estaremos de nossos maiores desejos: reconhecimento e aceitação. A vida humana precisa de relacionamentos humanos. Nenhuma máquina será capaz de criar esse ambiente emocional. Porque o que fazemos com a mente, a máquina poderá fazer, mas o que é feito com amor, a máquina não faz...

Até a próxima!

A Gazeta integra o

Saiba mais
Fique bem opinião tecnologia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.