Isabela Castello, administradora e designer, apaixonada pelo universo criativo, sua coluna aborda conteúdos sobre arte, design, arquitetura e urbanismo.

O rosa de outubro, flores e modernidade marcam os destaques da decoração

Pufes feitos com tramas, reservatórios de ácool gel com design moderno e arranjos florais artesanais estão entre as novidades do universo da decoração

Publicado em 17/10/2020 às 06h03
Ilha das Caieiras por Sagrilo
Ilha das Caieiras:  homenagem de Sagrilo ao Outubro Rosa. Crédito: Sagrilo

Caieiras veste o rosa de Outubro!

A foto escolhida para a abertura da nossa coluna de hoje é uma linda homenagem do fotógrafo Jorge Sagrilo ao Outubro Rosa. A foto da Ilha das Caieiras, em tons de rosa, é belíssima. Apaixonado pelo local e admirador da sua beleza, Sagrilo fotografa a região há pelo menos 40 anos. Além do lindo pôr-do-sol, a foto une a estética com muita técnica e paciência do profissional, para conseguir encontrar a luminosidade adequada, o dia com pouco vento e aquele céu com tonalidade inesquecível.

A foto passou por um tratamento apenas para acentuar seus tons de rosa. Este e outros trabalhos do artista estão disponíveis para venda, em diferentes formatos.

Florindo os espaços

Arranjo feito pela designer floral Bruna Medeiros
Arranjo feito pela designer floral Bruna Medeiros. Crédito: Divulgação Festar

A designer floral Bruna Medeiros se reinventou durante a pandemia. Acostumada a decorar eventos, festas e casamentos, encontrou na criação de lindos buquês e arranjos florais - que ela já fazia antes da pandemia também – uma forma de levar o frescor, a cor e a beleza da

natureza para as casas das pessoas. E também para presentear as pessoas queridas, encurtar as distâncias e substituir os abraços!

Lançou recentemente este arranjo floral que vem em uma caixinha de madeira. Os arranjos são feitos com flores frescas sempre com um elemento inusitado, marca do seu design floral. Um arranjo muito versátil, que pode ser usado em casa, nos escritórios, em pequenos eventos, na maternidade! E olha que lindo ficou este arranjo em tons de rosa!

Proteção com elegância

Álcool Gel pelo designer Rubens Szpilman
Reservatórios de álcool Gel pelo designer Rubens Szpilman. Crédito: Divulgação

Os negócios, as empresas e as lojas estão voltando a funcionar, mas os cuidados para evitar a contaminação da covid19 ainda permanecem! Ou, pelo menos, deveriam permanecer. Usar máscaras, manter a distância, evitar toques e abraços e usar o álcool gel ainda são a melhor forma de se proteger da doença.

O designer Rubens Szpilman está lançando uma linha de dispensers identificados, para você receber a sua visita ou cliente, com a segurança e a higiene que o momento pede. Uma forma elegante de colocar à disposição de clientes e amigos os produtos para desinfecção.

Porta alcool gel e porta sabonete líquido em resina de poliéster com placa de Identificação em aço inox escovado. São dois tamanhos: Maiorca, com capacidade para 200 ml e Mikonos com 500 ml. Estão disponíveis em dezenas de opções, entre cores e acabamentos, como fosco, polido (foto) ou pintados.

Tramas que resgatam saberes de povos ancestrais

Pufes Carambola - Vão Livre
Pufes Carambola  feitos com tramas. Crédito: Divulgação

Mais do que beleza e funcionalidade, a DonaFlor Mobília busca enaltecer as raízes da cultura nacional e a criatividade característica brasileira, por meio de suas coleções.

O pufe Carambola, assinado por Sérgio Matos, aguça o olhar pelo entrelaçamento artesanal da corda de poliéster sobre o alumínio. Seu conceito foi pensado tendo como base os gomos da carambola, fruto agridoce originário da Ásia e presente em todo o Nordeste brasileiro. O design abre o apetite para a decoração contemporânea, com tempero de brasilidade.

Sem patologias

Não são apenas os serem humanos que sofrem com as patologias. Elas estão presentes também na construção civil. A área de patologia, avaliações e perícias está em constante ascensão. À medida que as edificações e os processos evoluem e que o mercado imobiliário se reinventa, cresce a demanda por peritos e avaliadores, capazes de atuar no campo da engenharia diagnóstica.

A Pós-Graduação em Engenharia Diagnóstica: Patologia, Avaliações e Perícias, ofertada pela FAESA Centro Universitário, oferece um modelo dinâmico de pós-graduação, adaptável ao mercado de trabalho e com conclusão em até 10 meses. O curso funciona na metodologia da educação híbrida, com aulas virtuais e interativas, alternadas com aulas presenciais.

Fique bem decoracao

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.