ASSINE
A coluna traz uma análise do mercado automotivo, com tendências do segmento, panorama, dicas e orientações. Tem como público-alvo o cliente que compra carro, quer trocar de veículo ou quer tirar dúvida sobre a manutenção desse bem, além de leitores apaixonados pelo tema. O perfil nas redes sociais é @gabrieldeoliveirapersonalcar

Vale a pena focar na liquidez e desvalorização na hora da compra de um carro?

Os índices de desvalorização de um carro são ilusórios e se você focar nisso terá grandes possibilidades de se frustrar por considerar esse aspecto como importante

Vitória
Publicado em 04/08/2022 às 01h59
Veículos que tem grande liquidez no mercado de zero quilômetro não necessariamente terá grande liquidez no mercado de usados e seminovos
Veículos que tem grande liquidez no mercado de zero quilômetro não necessariamente terá grande liquidez no mercado de usados e seminovos. Crédito: Shutterstock

O mercado automotivo é extremamente cíclico. Há meses ainda vivíamos a valorização dos carros mês a mês. Agora, o mercado voltou a normalidade nesse aspecto, visto que os automóveis já voltaram a desvalorizar, pelo menos é o que tem acontecido desde junho deste ano.

Quando falamos de desvalorização e liquidez esses dois aspectos são supervalorizados pelo consumidor na hora da escolha do modelo.

Tem uma frase que sempre digo as pessoas que é a seguinte: "carro não é investimento, é bem de consumo". Posso dizer com propriedade pelos 16 anos de mercado automotivo: os índices de desvalorização de um carro são ilusórios e, você, consumidor, se focar nisso terá grandes possibilidades de se frustrar por esse aspecto ser importante para você.

Veículos que tem grande liquidez no mercado de zero quilômetro não necessariamente terá grande liquidez no mercado de usados e seminovos.

O motivo é que por esse determinado modelo vender bastante no mercado de zero quilômetro, quando olhamos para o mercado de usados e seminovos encontramos uma quantidade enorme de oferta desse modelo em questão. Lembram da regrinha de oferta e demanda? Quanto mais ofertas, maior o poder de negociação de quem compra.

Isso vale para desvalorização também.

Nesse aspecto, se você consumidor quer manter seu carro valorizado ou busca comprar um automóvel que seja valorizado no mercado de usados foque nos aspectos abaixo:

  1. 01

    Manutenções preventivas:

    Quanto mais informações relacionadas as manutenções de um automóvel você tiver, maior tende ser o valor desse carro no mercado;

  2. 02

    Originalidade:

    Um carro com várias avarias, retoque, aplicação de massa para reparos, etc, com certeza vale menos do que um carro com pintura original. Além disso, quando falamos de carros atuais, quanto maior a originalidade do modelo em questão, mais valorizado será esse veículo no mercado;

  3. 03

    Tipo de uso:

    Quando falamos de veículos usados para trabalho ou veículos de locadora, a tendência é de que esse veículo desvalorize mais;

  4. 04

    Quilometragem:

    A média de quilômetros rodados de um carro no Brasil fica em torno de 15 mil quilômetros por ano. No ES, essa média cai para 12 mil. Se um automóvel tem média menor do que essa, com quilometragem comprovada e com todas manutenções preventivas feitas do jeito certo, pelo tempo determinado pela montadora, a tendência é de que esse veículo seja mais valorizado no mercado.

Perceba que não citei modelo e marca, ao contrário do que muitos pensam.

Além disso, não fique dando ouvidos para pessoas que acham que entendem de carros e que você, por falta de conhecimento, acaba confiando nessas pessoas. Pesquise, vá na fonte e, se mesmo assim tiver dificuldade, contrate um profissional gabaritado para lhe auxiliar nessa escolha.

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Mercado Automotivo Seminovo Carro Usado Carro Zero

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.