ASSINE
O Leão do IR decidiu responder todas as suas dúvidas sobre a declaração do Imposto de Renda 2021. Envie suas perguntas para o e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 27 3321-8699

Posso descontar a isenção do IR de duas aposentadorias?

Os aposentados e pensionistas com mais de 65 anos têm um limite maior de isenção do IR. Marcos Antonio de Oliveira, diretor do Sescon - ES informa como o cálculo pode ser feito

Publicado em 13/04/2021 às 17h02
Atualizado em 13/04/2021 às 17h02
Os aposentados e pensionistas com mais de 65 anos têm um limite maior de isenção do IR
Os aposentados e pensionistas com mais de 65 anos têm um limite maior de isenção do IR. Crédito: Freepik

O leitor de A Gazeta Josimar Libel é professor aposentado e recebe duas aposentadorias. Como ele tem mais de 65, recebe o direito ao desconto dado pela Receita Federal, por isso ele quer saber se o isso vale para os dois rendimentos ou só pode ser aplicado apenas em um na hora de declarar o Imposto de Renda.

Os aposentados e pensionistas com mais de 65 anos têm um limite maior de isenção do IR. Para esse grupo a legislação garante um bônus de isenção no limite de R$ 1.903,98 por mês, totalizando R$ 24.751,74 no ano.

Marcos Antonio de Oliveira, diretor do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Estado do Espírito Santo (Sescon-ES), informa que o cálculo para ter o desconto é feito no próprio sistema. Veja a resposta:

"Sou aposentado como professor e tenho duas aposentadorias, uma estadual e outra municipal. Nos dois informes vieram os descontos para quem tem mais de 65 anos. Como faço? Não considero um dos descontos e aplico apenas um deles?"

Você deve iniciar o preenchimento de sua declaração pelos rendimentos isentos e não tributáveis, escolha a opção 10 - Parcela isenta de proventos de aposentadoria, reserva remunerada, reforma e pensão de declarante com 65 anos ou mais e registre todo o rendimento isento inclusive 13º salário das 2 fontes pagadoras, o sistema fará a conta e transportará o excedente para a aba de rendimentos tributáveis recebidos de pessoa jurídica de forma correta.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.