ASSINE
É Fisioterapeuta, acupunturista e especialista em avaliação e tratamento de dor crônica pela USP. Entende a saúde como um estado de equilíbrio para lidar com as adversidades da vida de forma mais harmônica

O poder do relaxamento com a acupuntura

Estudos mostram que estimular alguns pontos de acupuntura ajudam a modular o cortisol no organismo, podendo chegar a mais de 25% de redução

Publicado em 05/04/2021 às 02h00
Pessoa fazendo acupuntura
A escolha por tirar um tempo para se cuidar é importante, pois ajuda no enfrentamento das rotinas e proporciona maior bem-estar para manter-se em equilíbrio. Crédito: Shutterstock

Nunca estivemos tão estressados quanto atualmente! Vivemos instabilidades nos mais diversos âmbitos e convivemos com nossos caos internos sobrepostos e amplificados pela pandemia de Covid-19. Chamamos de estresse toda a ruptura do equilíbrio do organismo, resultando em um estado de tensão patológica se ocorrer de forma prolongada e repetida.

De acordo com a medicina chinesa, o estresse e a ansiedade são desarmonias da mente e podem ocorrer por quadros de excessos, deficiências ou estagnações energéticas. De acordo com a filosofia oriental, os sintomas sempre estão interligados e com isso observamos que além do estresse há também insônia, dores de cabeça, cansaço, irritabilidade, desanimo e falta de concentração. Além disso, dependendo do nível de ansiedade e estresse, quem sofre com isso pode apresentar hipertensão arterial, má circulação, prisão de ventre, alterações no sangue, dores musculares e problemas de pele.

De acordo com Guyton, os níveis de estresse e ansiedade podem ser verificados por meio de dosagem de cortisol. O cortisol é um hormônio indispensável à vida produzido pelo córtex suprarrenal e tem ação sobre o metabolismo da glicose. Uma de suas principais funções é a elevação do seu nível na corrente sanguínea diante de uma situação de estresse. Sua liberação por meio das glândulas suprarrenais destaca-se como um fator de suma importância na resistência do organismo frente a agressões sejam elas físicas ou psíquicas. À liberação excessiva de cortisol, acaba desencadeando situações de perda de controle, ansiedade e principalmente o estresse.

Estudos mostram que estimular alguns pontos de acupuntura ajudam a modular o cortisol no organismo, podendo chegar a mais de 25% de redução. Muitos pacientes relatam entrar em estado de relaxamento instantaneamente, ainda na maca com as agulhas já entram em letargia e este efeito de relaxamento é potencializado pelo ambiente em penumbra, musicas instrumentais com frequência em ondas semelhantes às cerebrais proporcionando calma.

Há ainda grande percepção de melhora na tensão muscular com a acupuntura evidenciada pela redução da atividade eletromiográfica de músculos como o trapézio que denotam tensão em ombros e pescoço, e musculatura mastigatória, frequentemente tensa em bruxismo e apertamentos por estresse.

É importante buscar um profissional capacitado e especializado que possa fechar um diagnóstico sindrômico para as queixas e montar um tratamento individualizado e personalizado, com escolha e prescrição de pontos adequada para garantir os resultados de relaxamento. A escolha por tirar um tempo para se cuidar é importante, pois ajuda no enfrentamento das rotinas e proporciona maior bem-estar para manter-se em equilíbrio. Em conjunto é recomendável que se faça boas escolhas em saúde e que busque tratamento psicológico associado.

Saúde opinião

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.