ASSINE
Bastidores e informações exclusivas e relevantes sobre os negócios e a economia do Espírito Santo

Depois de cachaça e gin, destilaria de Linhares vai lançar rum

Primeiro lote da bebida será colocado no mercado no mês que vem, produto é produzido no mesmo alambique da Cachaça Princesa Isabel

Publicado em 05/07/2022 às 18h00
centro de degustação
Centro de degustação e destilaria da Cachaça Princesa Isabel. Crédito: Vitor Nogueira

Correção

6 de Julho de 2022 às 09:36

O texto original desta nota informava que tratava-se do primeiro rum produzido no Espírito Santo, na verdade, outras destilarias capixabas já fabricam o produto. 

Em agosto, começa a ser comercializada mais uma bebida produzida no alambique da Fazenda Tupã, em Linhares: o Rum Princesa Isabel, um dos primeiros produzidos no Espírito Santo. A bebida feita do melaço da cana, a princípio, vai levar o mesmo nome da pioneira da propriedade, a Cachaça Princesa Isabel.

O lançamento do novo produto faz parte de um trabalho maior de diversificação e otimização da produção. O alambique, além da cachaça e do rum, produz o Mar Dry Gin. "Temos um alambique com capacidade para 100 mil litros de bebida por ano. A cachaça nós produzimos na safra da cana (junho, julho e agosto), depois fica parado. O gin eu consigo fabricar o ano todo e o rum será fabricado nos meses em que não produzo cachaça, o processo é igual. Ou seja, estou com um mix de produtos que otimizou muito a minha fábrica", explica o empresário Adão Cellia.

O primeiro lote da nova produção será de rum branco e irá para pontos de venda de Espírito Santo e São Paulo. Mais para frente, depois do envelhecimento em barris de carvalho, o rum 100% capixaba também será vendido no dourado tradicional da bebida. Nas gôndolas dos supermercados deverá ser encontrado a partir de R$ 85.

Questionado sobre novos produtos, Adão Cellia diz que o foco é na qualificação. "Nosso mix está bom, agora quero melhorar ainda mais a qualidade. Entramos para ficar no mercado de bebidas premium, não podemos parar de investir e inovar".

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.