ASSINE

Reunião no TSE com representantes de PT e PSL sobre fake news é adiada

Encontro estava previsto para 18h desta terça-feira. Segundo a assessoria do tribunal, o PSL pediu que fosse transferido para quarta-feira

Publicado em 16/10/2018 às 11h34
A ministra Rosa Weber, presidente do TSE, convidou representantes das campanhas para discutir fake news. Crédito: Antonio Cruz/Agência Brasil
A ministra Rosa Weber, presidente do TSE, convidou representantes das campanhas para discutir fake news. Crédito: Antonio Cruz/Agência Brasil

Segundo presentes em um encontro ontem com a presença da presidente do TSE, ela não abordará as acusações trocadas entre os dois presidenciáveis e que a conversa se restringirá ao processo eleitoral.

As disseminações de notícias falsas sobre uma possível fraude envolvendo as eleições e métodos de apuração vinculados à urna eletrônica são a principal preocupação da presidente.

A presidente do TSE já reconheceu as dificuldades da Justiça Eleitoral em combater a difusão de fake news, uma das armas mais usadas em campanhas eleitorais deste ano. A ministra disse que a distribuição massiva de notícias falsas com fins eleitorais é um fenômeno recente e, por isso, não se sabe ainda como enfrentar o problema.

A reunião da presidente Tribunal Superior Eleitoral, ministra Rosa Weber , prevista nesta terça-feira com representantes das campanhas dos candidatos à Presidência Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) foi transferida para quarta-feira, em horário ainda a ser definido. Segundo a assessoria do tribunal, mudança foi feita apedido do representante do PSL.

A reunião com integrantes das duas campanhas tem como objetivo discutir as notícias falsas que vem sendo disseminadas sobre a lisura do processo eleitoral.

"Não é que o TSE nada tenha feito. Prevenir fake news, eu não conheço como poderíamos ter atuado nessa área onde temos um princípio maior, da liberdade de expressão, como lembrou o ministro Jungmann", disse Rosa em 7 de outubro, após a realização do primeiro turno das eleições.

A Gazeta integra o

Saiba mais
eleições 2018 fake news psl pt

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.