Moro deve provar no STF 'acusação grave' contra mim, diz Bolsonaro

O ministro Celso de Mello  deve autorizar nas próximas horas a abertura de um inquérito para apurar as acusações feitas pelo ex-ministro Sergio Moro

Publicado em 27/04/2020 às 18h34
Presidente da República, Jair Bolsonaro
Presidente da República, Jair Bolsonaro. Crédito: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta segunda-feira (27) esperar que o STF (Supremo Tribunal Federal) possa analisar rapidamente as denúncias feitas contra ele pelo ex-ministro Sergio Moro. Bolsonaro afirmou que Moro deve provar o que disse.

O ministro Celso de Mello, do STF, deve autorizar nas próximas horas a abertura de um inquérito para apurar as acusações feitas por Moro, a pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras.

"O ministro que saiu fez acusações e é bom que ele comprove, até para minha biografia, tá ok. Agora, o processo no supremo é o contrario, é ele que tem que comprovar aquilo que ele falou ao meu respeito", disse Bolsonaro na porta do Palácio da Alvorada, em Brasília.

"Eu espero que o Supremo Tribunal Federal analise para tirar duvida. Uma acusação grave que foi feita a meu respeito seria bom que o supremo decida isso o mais rapidamente possível. E [ex]ministro pode apresentar as provas, se ele tiver obviamente."

Brasil Jair Bolsonaro Sergio Moro brasil Política

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.