ASSINE

Moraes ordena prisão de Allan dos Santos e aciona ministério para extradição

Nas últimas semanas o Instagram, YouTube e Twitter suspenderam as contas de Santos e do seu site, o Terça Livre, também por ordem de Moraes no inquérito das milícias digitais

Publicado em 21/10/2021 às 15h32
Depoente, fundador do blog Terça Livre, jornalista Allan dos Santos, em pronunciamento na CPI das Fake News
O fundador do blog Terça Livre, jornalista Allan dos Santos. Crédito: Roque de Sá/Agência Senado

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), ordenou a prisão do influenciador bolsonarista Allan dos Santos, do site Terça Livre.

Como Santos está nos EUA, para onde se mudou após entrar na mira dos inquéritos das fake news e atos antidemocráticos, o ministro acionou o Ministério da Justiça para que seja solicitada sua extradição.

Segundo a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, o pedido de prisão foi feito pela Polícia Federal, e a PGR (Procuradoria-Geral da República) se manifestou contra.

Nas últimas semanas o Instagram, YouTube e Twitter suspenderam as contas de Santos e do seu site, o Terça Livre, também por ordem de Moraes no inquérito das milícias digitais.

O ministro ainda autorizou busca e apreensão na casa de um ex-estagiária do ministro Ricardo Lewandowski, do STF, tratada por Santos como informante em conversas reveladas pelo jornal Folha de S.Paulo.

O influenciador driblou a decisão de Moraes e tem veiculado os programas de seu site na página Artigo 220.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.