ASSINE

Mesa do Senado envia indicação de André Mendonça à CCJ

Com o envio, caberá ao colegiado marcar a sabatina. Além de passar pela CCJ, André Mendonça precisa ter o nome aprovado pelo plenário do Senado para tomar posse no STF

Publicado em 19/08/2021 às 15h28
André Mendonça no dia em que reassumiu o cargo de advogado-geral da União no governo Bolsonaro
André Mendonça no dia em que reassumiu o cargo de advogado-geral da União no governo Bolsonaro. Crédito: Marcos Correa/PR

A Mesa Diretora do Senado enviou nesta quarta-feira (18) para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) a mensagem na qual o presidente Jair Bolsonaro oficializou a indicação do ex-advogado-geral da União André Mendonça para a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Com o envio do documento, caberá ao colegiado, que é presidido pelo senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), marcar a sabatina. Além de passar pela CCJ, Mendonça precisa ter o nome aprovado pelo plenário do Senado para tomar posse no STF.

André Mendonça foi indicado para ocupar a vaga deixada pelo ministro Marco Aurélio, que se aposentou em julho deste ano.

PRG

A CCJ marcou a sabatina de recondução do procurador-geral da República, Augusto Aras, para a próxima terça-feira (24). A indicação também foi feita pelo presidente Jair Bolsonaro. Caso seja aprovado, Aras cumprirá mais dois anos de mandato.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.