ASSINE

Governadores do Sul e Sudeste querem ajuda para enfrentar coronavírus

Em encontro no Paraná, grupo vai apoiar pedido de secretários da Saúde para o governo federal reforçar repasses de recursos para instalar leitos hospitalares

Publicado em 29/02/2020 às 14h45
O governador Renato Casagrande está em Foz do Iguaçu, no Paraná, participando do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud). Crédito: Adriano Zucolotto/Governo do ES
O governador Renato Casagrande está em Foz do Iguaçu, no Paraná, participando do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud). Crédito: Adriano Zucolotto/Governo do ES

Governadores do Sul e Sudeste devem pedir ajuda do Ministério da Saúde para o enfrentamento ao novo coronavírus. Eles participam neste sábado (29), em Foz do Iguaçu (PR), do quinto encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud).

Em carta, devem apoiar pedido de secretários de saúde para que o governo federal reforce os repasses para atendimentos de média e alta complexidade.

O presidente do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass), Alberto Beltrame, informou que o pedido seria de R$ 1 bilhão. O valor seria dividido per capita. A ideia é usar o recurso para custear a instalação de leitos de UTI para atendimento de pacientes da nova doença.

O Ministério da Saúde afirma que poderá alugar até mil kits de equipamentos para instalar leitos de UTI nos Estados. Os contratos serão feitos se houver demanda.

Segundo o Conass, apesar dos equipamentos fornecidos pelo ministério, os Estados teriam de custear equipes médicas, exames laboratoriais e a logística de montagem dos leitos. A carta dos governadores do Sul e Sudeste serviria como apoio político ao pedido dos secretários estaduais. Os governadores devem pedir também o envio de insumos e agilidade na contratação de kits para leitos de UTI.

O Ministério da Saúde publicou ontem contratos para compras de insumos como álcool em gel. A pasta também refez edital para compra de 24 milhões de máscaras, após acordo com a indústria. A ideia agora é que mais de uma empresa forneça as máscaras.

A expectativa é que governadores de outras regiões também deem apoio ao pleito, quando realizarem reuniões de seus fóruns.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.