ASSINE

Brasil registra 202 mortes por Covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde

Foram 6.918 novos diagnósticos registrados em 24 horas. No acumulado o país tem 21.582.738 casos e 601.213 mortes desde o início da pandemia

Publicado em 11/10/2021 às 19h10
Cemitério em Brasília
Existem 3.127 mortes por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em investigação. Isso porque em muitos casos a análise sobre a causa continua mesmo após o óbito. Crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil

O Brasil registrou 6.918 casos de Covid-19 e 202 mortes causadas pela doença em 24 horas, segundo o boletim da situação epidemiológica divulgado nesta segunda-feira (11) pelo Ministério da Saúde.

Com os novos diagnósticos de Covid-19 confirmados, o total de pessoas contaminadas desde o início da pandemia chegou a 21.582.738.

Ainda há 286.856 casos em acompanhamento. O nome é dado a casos ativos de pessoas que tiveram o diagnóstico confirmado e estão sendo atendidas por equipes de saúde ou se recuperando em casa.

Existem 3.127 mortes por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em investigação. Isso porque em muitos casos a análise sobre a causa continua mesmo após o óbito.

Com os novos óbitos, a soma de pessoas que perderam a vida para a doença alcançou 601.213.

Segundo o boletim, 20.694.669 pessoas se recuperaram da doença.

ESTADOS 

No topo do ranking de mortes por estado estão São Paulo (150.789), Rio de Janeiro (67.188), Minas Gerais (55.006), Paraná (39.562) e Rio Grande do Sul (35.049). Os que menos registraram mortes foram Acre (1.840), Amapá (1.986), Roraima (2.006), Tocantins (3.813) e Sergipe (6.018).

VACINAÇÃO

Os dados mais recentes do Ministério da Saúde mostram que mais de 249 milhões de doses da vacina contra a covid-19 foram aplicadas em todo o Brasil, sendo 149,7 milhões como primeira dose e 99,5 milhões como segunda dose (ou dose única). Segundo a pasta, foram distribuídas 310, 49 milhões de doses da vacina contra a covid-19 para todo o país.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.