ASSINE

Festa junina em casa: alternativas saudáveis pra você saborear

A nutricionista Roberta Larica explica que com os ingredientes in natura, é possível consumir as comidas típicas ao longo do ano sem prejuízo à saúde

Publicado em 21/06/2021 às 20h32
Festa junina em casa: alternativas saudáveis pra você saborear
Festa junina em casa: alternativas saudáveis pra você saborear. Crédito: Pixabay

"Olha a chuva! É mentira." A música pode remeter a um tempo nem tão distante assim, quando os meses de junho e julho eram recheados de comidas típicas. Esta época do ano oferece muita fartura, além das roupas incrementadas e muita dança. Porém, com a ainda descontrolada pandemia do novo coronavírus, as aglomerações não devem ser promovidas, mesmo que seja para diversão na festas juninas e julinas.

Para quem não abre mão das comidas típicas, a nutricionista Roberta Larica afirma que é possível adaptar as receitas das gostosuras, que são tradicionalmente consumidas nas festas, em casa, de forma mais nutritiva e saudável.

Segundo a nutricionista,  é necessário cortar alguns ingredientes, o que pode aliviar no bolso, mas principalmente, ajudar a continuar com a alimentação em equilíbrio.

Em entrevista ao jornalista Fábio Botacin, durante o Boa Mesa CBN, quadro da Rádio CBN Vitória, a nutricionista ressaltou dá para aproveitar o "menu caipira", desde que sejam feitas as devidas alterações nas receitas.

Roberta Larica

Nutricionista

"Os pratos são deliciosos, mas muitos deles são calóricos, muitos recheados de açúcar e outros com muita gordura"

A comentarista da Rádio CBN Vitória ensinou substituições para quatro receitas típicas desta época do ano. Mas uma dica é importante e vale também para receitas que não foram citadas abaixo.

"Tente sempre utilizar ingredientes in natura, que não sofreram alterações até chegarem aos supermercados. Evite comprar os alimentos que têm aditivos químicos", diz a especialista.

VEJA ALGUMAS DICAS:

  1. A Gazeta - ok9koiez1t
    01

    COCADA

    O alerta é: não compre o coco ralado industrializado! Segundo Roberta Larica, comprar o coco natural é mais vantajoso para a saúde. A nutricionista ainda aconselha a substituir o açúcar pela banana na hora da receita. Fica a seu critério colocar um pouquinho de açúcar mascavo.

  2. A Gazeta - 2kuganq
    02

    MILHO COZIDO

    Compre a espiga, cozinhe e extraia o milho, pra então começar a receita da pamonha, por exemplo. Pode até dar mais trabalho, mas a nutricionista lembra que essa é a forma mais saudável de incluir o alimento em qualquer receita, evitando a latinha de milho. Se a sua ideia é comer o milho cozido, pode até acrescentar manteiga, mas deixe a margarina bem longe. "Pode até usar um pouco de sal", finaliza Roberta Larica.

  3. A Gazeta - wbemas6hqr
    03

    PIPOCA DE PANELA COM AÇAFRÃO

    A dica é a mesma: ingredientes in natura: "Você pode comprar a pipoca em milho orgânico, evitando a pipoca de micro-ondas, que já vem temperada, não são saudáveis, têm muitos conservantes e aditivos químicos". Na hora de fazer a pipoca, você pode substituir o óleo pelo azeite. Coloque o sal e o açafrão - ingrediente que é "um potente anti-inflamatório", segundo Roberta Larica.

  4. A Gazeta - pmeic3br9r
    04

    CANJICA COM LEITE DE COCO NATURAL

    Em vez de colocar leite condensado, utilize o leite de coco caseiro: "Nada mais é do que bater o coco com água quente e depois coar. A cada coco inteiro, um copinho de água. Deixe ele bem grosso, aí dá pra usar na canjica. Assim, você deixa o leite condensado de lado e usa menos açúcar". Você pode ainda botar canela ou cravo.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Alimentação cbn cotidiano cbn vitoria Roberta Larica Alimentos Comportamento

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.