ASSINE

5 alimentos saudáveis para aumentar a imunidade

Eles participam na melhora do sistema imunológico, permitindo que o nosso corpo reaja melhor quando se depara com algum vírus ou bactérias

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 06/05/2021 às 02h00
Alimentos saudáveis: grãos, frutas, legumes, e  verduras
Aumentar a variedade da alimentação é idela para manter a imunidade em dia. Crédito: shutterstock

Manter a imunidade em dia é fundamental para saúde. E uma alimentação diversificada e colorida, proporciona que nosso organismo tenha uma maior variedade de vitaminas e minerais, associada a energia fornecida pelos macronutrientes como carboidratos, proteínas e lipídios. "Entre tantas funções, algumas participam na melhora do sistema imunológico, permitindo que o nosso corpo reaja melhor quando se depara com um vírus ou bactérias", explica a nutricionista Gabriela Sampaio.

A nutricionista Drielly Daltoé explica que, quando pensamos em melhorar a imunidade, aumentar a variedade da alimentação é um caminho sem erros. "Desta forma, conseguimos abranger os nutrientes necessários e ter os benefícios de cada grupo alimentar. Também é importante evitar exclusões radicais, a exemplo de dietas que excluem completamente grupos alimentares específicos como carboidratos. Essas dietas fazem com que se diminua muito a ingestão energética de um dia para o outro e isso é um impacto muito grande para a imunidade", ressalta.

Frutas cítricas, como acerola, laranja, limão e kiwi  são fontes de Vitamina C, que é uma vitamina considerada a “queridinha” da imunidade. "A recomendação diária é de 75mg para a mulher e de 90mg para o homem. Com cerca de 100g de laranja já conseguimos suprir quase toda a quantidade recomendada", diz Drielly Daltoé.

O zinco é outro nutriente importante quando se fala em imunidade, sendo aliado da vitamina C. "A gente encontra trocando os cereais refinados pelos integrais, além do consumo de feijão, grão-de-bico, ervilha, lentilha e soja. As oleaginosas também são importantes fontes de zinco e de vitamina E", explica Drielly Daltoé.

O fornecimento de quantidades adequadas de magnésio também é fundamental para o sistema imune, "uma vez que ele é necessário para a realização de inúmeros processos metabólicos de fundamental importância para todas as células do nosso organismo, incluindo as células imunes", diz a nutricionista Gabriela Sampaio. O magnésio pode ser encontrado em folhas verdes escuras, semente de abóbora, nozes, amendoim, semente de girassol, aveia e grão-de-bico.

CONSUMO DIÁRIO

O consumo desses alimentos deve ser diário. "Principalmente folhas, legumes e verduras. Eles devem ser a base da nossa alimentação. Além de fornecerem vitaminas, minerais e boas porções de fibras, eles apresentam ação antioxidante, que ajuda na imunidade", explica a nutricionista Laís Coutinho.

Ela conta que doenças como gripes acometem as pessoas com sistema imunológico frágil. E a alimentação também pode ajudar. "Principalmente em estações como outono e o inverno, devemos fortalecer e deixar a nossa imunidade em dia", diz Laís. Confira 5 alimentos que ajudam a aumentar a imunidade e podem ser consumidos diariamente. 

ALIMENTOS QUE AJUDAM A AUMENTAR A IMUNIDADE

  1. A Gazeta - rtzroisjhr
    01

    Frutas cítricas

    Acerola, laranja, tangerina, kiwi e pitanga devem fazer parte da sua alimentação. As frutas cítricas promovem muitos benefícios para o nosso organismo, principalmente, para formação e manutenção da saúde das células de todo corpo. Elas são ricas em vitamina C, que é um componente essencial na formação do colágeno, por exemplo, uma proteína que dá elasticidade e firmeza à pele. Além de fortalecer o sistema imune, são importantes para evitar doenças e aumentar a absorção de ferro, ajudando assim a combater a anemia.

  2. A Gazeta - tkc53ui7
    02

    Vegetais escuros

    Vegetais escuros como brócolis, couve, espinafre e grão-de-bico são fontes de ácido fólico, uma vitamina importante para formação das células de defesa do nosso organismo: os glóbulos brancos. As verduras escuras são fonte de cálcio e vitamina E. Elas possuem uma grande quantidade de nutrientes e vitaminas que não são encontradas com a mesma variedade e concentração em outros vegetais. Possuem altas quantidades de antioxidantes, que combatem a ação gradual dos radicais livres, os responsáveis pelo envelhecimento das células e pelo aparecimento de doenças. Os antioxidantes também estimulam o sistema nervoso a formar novas ligações entre suas células, ação que melhora o raciocínio e ajuda a preservar a memória por mais tempo.

  3. A Gazeta - kh4bh71lhp
    03

    Alimentos ricos em fibras

    Gergelim, chia, linhaça e as oleaginosas ricas em selênio e magnésio são alimentos ricos em fibras. Eles ajudam no bom funcionamento do intestino, contribuindo para a melhora da imunidade. Também são alimentos muito ricos em nutrientes.

  4. A Gazeta - hwi8cx
    04

    Alho e cebola

    Esses alimentos possuem efeito antibactericida e contêm propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias capazes de combater o estresse oxidativo. Um estado prolongado de estresse oxidativo promove o processo de envelhecimento da pele.

  5. A Gazeta - a2mluvwyb
    05

    Gengibre

    O gengibre tem ação antioxidante no corpo, agindo na prevenção de doenças como gripes, resfriados, câncer e envelhecimento precoce. Ele também aumenta a imunidade. 

Saúde Bem estar Saúde

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.