Estreia nesta sexta, 13, a websérie #agente

O programa online é um papo de sofá descontraído entre três integrantes da Revista.ag,  a editora Mariana Perini, a cronista Maria Sanz, a colunista Luciana Almeida, e um convidado, "especialista" no tema que será abordado

Publicado em 12/12/2019 às 10h27
Atualizado em 30/01/2020 às 14h22
O repórter Guilherme Sillva, a colunista Luciana Almeida, o operador de áudio Daivison Borges, a cronista Maria Sanz, o cinegrafista Rafael Zambe e a editora da Revista.ag, Mariana Perini. Crédito: Divulgação
O repórter Guilherme Sillva, a colunista Luciana Almeida, o operador de áudio Daivison Borges, a cronista Maria Sanz, o cinegrafista Rafael Zambe e a editora da Revista.ag, Mariana Perini. Crédito: Divulgação

Estreia nesta sexta-feira, 13, a websérie #agente, um papo de sofá descontraído entre três integrantes da Revista.ag - a editora Mariana Perini, a cronista Maria Sanz, a colunista de comportamento Luciana Almeida - e um convidado, "especialista" no tema que será abordado.

O #agente é gravado no Studio Maria Sanz em um ambiente cheio de personalidade, e a primeira temporada terá seis episódios, sendo um por semana.

No primeiro, que estreia amanhã, vamos falar justamente sobre a importância das estreias na vida da gente, e o nosso convidado é o psicólogo e bailarino Felipe Salles”, explica Mariana Perini. Para ela, por ser psicólogo e estar sempre no palco, Felipe tem uma visão muito rica do tema.

Telespectadora do GNT, canal de TV fechado da Globo, Mariana conta que se inspirou no Saia Justa pra criar o #agente. “Assistia e ficava pensando que poderia ser muito legal regionalizar a ideia, mas levando sempre um convidado para o sofá”.

"Trocar experiências e pontos de vista sempre ampliam o nosso olhar sobre a vida e sobre as pessoas", diz Luciana. "É como a gente sempre diz depois de uma conversa abissal entre nós: 'ah, se isso tivesse sido gravado!' De algum modo, registar o conteúdo de uma roda de conversa é salvar a cena de um improviso, tem pureza e é rico. Adorei gravar essa temporada. Que venham muitas outras", acrescenta Maria.

A ideia é tratar dos mesmos temas leves, abordados nas páginas da revista, seja a do site (https://www.agazeta.com.br/revista-ag) ou da edição impressa, aos sábados.

“Essa primeira temporada já foi gravada, mas a gente quer muito que, a partir dela, os internautas participem com sugestões de assuntos a serem discutidos e de nomes para levarmos para o nosso sofá”, acrescenta Mariana.

Veja o que vai rolar nos próximos episódios:

Websérie #agente

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.