ASSINE

Reino Unido anuncia fechamento de todos os corredores de viagem do país

Qualquer pessoa que for entrar no país deverá provar que testou negativo par a covid-19 nas últimas 72 horas a contarem a partir da chegada no Reino Unido.

Publicado em 15/01/2021 às 15h50
Atualizado em 15/01/2021 às 15h50
Aeroporto
Após a chegada, viajantes deverão ainda cumprir um período de 10 dias de quarentena. Crédito: Pixabay

O primeiro ministro do Reino Unido, Boris Johnson, informou nesta sexta-feira que irá fechar todos os corredores de viagem do país a partir da madrugada da próxima segunda-feira (18), para impedir que novas variantes ainda desconhecidas do novo coronavírus entrem em território britânico. A medida tomará efeito em todos os países da nação insular.

Qualquer pessoa que for entrar no país deverá provar que testou negativo par a covid-19 nas últimas 72 horas a contarem a partir da chegada no Reino Unido, disse Johnson, adicionando que quem se negar a cumprir as medidas poderá ser multado.

Após a chegada, viajantes deverão ainda cumprir um período de 10 dias de quarentena. Além disso, o premiê informou que a segurança será reforçada dentro do Reino Unido e nas suas fronteiras.

De acordo com Johnson, o governo britânico não deve relaxar as medidas restritivas até que os mais vulneráveis sejam imunizados e as vacinas tomem efeito para diminuir os números de casos, mortes e hospitalizações por coronavírus. "Não podemos adquirir uma falsa impressão de segurança", alertou o premiê.

O governo britânico fará uma revisão das restrições adotadas no dia 15 de fevereiro, data que o Gabinete de Johnson estima que terá vacinado a maior parte dos cidadãos que são parte dos grupos de risco da covid-19.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Ministério da Saúde Coronavírus Reino Unido Inglaterra Mundo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.