Papa Francisco e Bento 16 tomam primeira dose de vacina contra o coronavírus

Os dois líderes católicos fazem parte do grupo de risco da doença devido à idade avançada

Publicado em 14/01/2021 às 12h27
Papa Francisco (esq) com seu antecessor no cargo, Bento 16 em imagem de 2016
Papa Francisco (esq) com seu antecessor no cargo, Bento 16 em imagem de 2016. Crédito: L'Osservatore Romano/AP

papa Francisco, 84, e o papa emérito Bento 16, 93, receberam a primeira dose da vacina contra o coronavírus, de acordo com um comunicado do Vaticano divulgado nesta quinta-feira (14).

Os dois líderes católicos fazem parte do grupo de risco da doença devido à idade avançada. Segundo um porta-voz da Santa Sé, o pontífice argentino foi vacinado nesta quarta (13), e o alemão na manhã desta quinta.

Na semana passada, Francisco confirmou que participaria da campanha de imunização e criticou o "negacionismo suicida" de quem se opõe à vacinação.

"Acredito que do ponto de vista ético todos devem ser vacinados, porque você não só põe em risco a sua saúde, a sua vida, mas também a dos outros", disse o pontífice.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.