ASSINE

Papa Francisco critica pessoas que ignoraram pandemia durante as festas

De acordo com o pontífice, é responsabilidade de cada um, além da preocupação com os mais necessitados, mudar os hábitos diante da nova realidade

Publicado em 03/01/2021 às 15h09
Papa Francisco realiza celebração diante da imensa praça vazia de São Pedro, no Vaticano, nesta sexta-feira, 27
Papa Francisco disse que se entristeceu com as notícias sobre festas e viagens . Crédito: Yara Nardi/Estadão Conteúdo

Após a bênção Angelus deste domingo (3), o Papa Francisco criticou as pessoas que, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, saíram para viajar durante as festas de fim de ano, "buscando apenas satisfazer o próprio prazer". De acordo com o pontífice, é responsabilidade de cada um, além da preocupação com os mais necessitados, mudar os hábitos diante da nova realidade e evitar "a tentação de cuidar apenas dos próprios interesses".

"Li nos jornais algo que me entristeceu bastante: em um país, não me lembro qual, para fugir do 'lockdown' e ter boas férias, mais de 40 aviões saíram naquela tarde", comentou Francisco. "Mas essas pessoas, que são boas pessoas, não pensaram naquelas que ficaram em casa, nos problemas econômicos de tantas pessoas que o 'lockdown' derrubou, nos doentes? Apenas, tirar férias e dar prazer a si mesmo. Isso me entristeceu muito."

A mensagem semanal, que normalmente é feita de uma janela no Palácio Apostólico de frente para a Praça de São Pedro, está sendo realizada internamente para evitar aglomerações no Vaticano. "Não sabemos o que 2021 vai nos reservar, mas o que cada um de nós e todos nós juntos podemos fazer é nos comprometer um pouco mais a cuidar uns dos outros", completou o pontífice.

O Vaticano, que registrou 27 casos de Covid-19, anunciou no sábado (2) que comprou o número necessário de vacinas para imunizar todos os habitantes e trabalhadores da cidade-Estado.

Com informações do Vatican News e Associated Press

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.