ASSINE

Morre o príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II

A morte foi anunciada em comunicado divulgado no site da família real britânica

Publicado em 09/04/2021 às 08h30
O príncipe Philip, duque de Edimburgo, marido da rainha Elizabeth II
O príncipe Philip, duque de Edimburgo, marido da rainha Elizabeth II. Crédito: Reprodução/Instagram @monarchie.britannique

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, morreu aos 99 anos, nesta sexta-feira (9). A morte dele foi anunciada em comunicado divulgado no site oficial da família real. De acordo com o anúncio, príncipe Philip faleceu no Castelo de Windsor.

No comunicado, a família real diz que anúncios sobre a morte e despedida devem ser feitos em momento oportuno, e que se junta a pessoas de todo o mundo em luto por sua perda.

Comunicado publicado no site da família real britânica confirma morte do Principe Philip
Comunicado publicado no site da família real britânica confirma morte do Principe Philip. Crédito: Reprodução

O príncipe Philip da Grécia e da Dinamarca, bisneto da rainha Victoria (como a própria rainha Elizabeth II), nasceu em uma mesa de cozinha na ilha de Corfu, em 10 de junho de 1921.

Pouco mais de um ano depois, em dezembro de 1922, foi retirado da ilha em uma caixa de laranjas com o restante da família em um navio britânico, quando o tio, o rei Constantino I da Grécia, avô da rainha da Espanha, teve que partir para o exílio.

Após uma infância errante e uma longa estadia em um pensionato austero da Escócia, ingressou na Marinha britânica e teve participação ativa na Segunda Guerra Mundial.

Depois do casamento, em 1947, com a então jovem princesa Elizabeth, Philip Mountbatten foi enviado a Malta, mas a meteórica ascensão militar foi interrompida pela subida ao trono da esposa, em 1952, o que o obrigou a renunciar à carreira.

"Estando casado com a rainha me parecia que deveria servi-la da melhor maneira possível", disse certa vez numa entrevista à ITV.

(Com informações do G1)

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.