NBA reforça protocolo de combate ao novo coronavírus

Só nesta semana, quatro jogos tiveram de ser adiados, incluindo três do Boston Celtics, que não é capaz nem de relacionar oito jogadores saudáveis para seus compromissos.

Publicado em 12/01/2021 às 18h42
Atualizado em 12/01/2021 às 18h42
NBA terá primeiro jogo com portões fechados por conta do coronavírus
A liga passou a adotar medidas mais severas para tentar preservar ao máximo a temporada atual de maiores problemas. . Crédito: Reprodução Twitter

Com a intenção de conter o número crescente de casos de Covid-19 na liga, a NBA, junto à Associação Nacional dos Jogadores de Basquete (NBPA, na sigla inglês), anunciou nesta terça-feira uma série de medidas adicionais ao protocolo de segurança sanitário. Estas novas normas deverão ser cumpridas pelas próximas duas semanas, ao menos.

O número de infectados nos Estados Unidos está em crescimento e a NBA não fica imune a isso. Diversos times já tiveram jogadores contaminados pelo coronavírus, o que tem atrapalhado bastante a sequência do campeonato, principalmente em razão do baixo número de atletas nas franquias. Em alguns casos, times estão tendo dificuldades em relacionar um número mínimo de atletas saudáveis para seus compromissos.

Com isso, a liga passou a adotar medidas mais severas para tentar preservar ao máximo a temporada atual de maiores problemas. Dentre as medidas adotadas pela NBA e pela NBPA, serão limitados os números de jogadores e de membros das franquias durante os jogos que necessitem de longas viagens. A entidade também não está mais aceitando que atletas e staff deixem os hotéis, bem como visitantes de fora também estão proibidos.

Só nesta semana, quatro jogos tiveram de ser adiados, incluindo três do Boston Celtics, que não é capaz nem de relacionar oito jogadores saudáveis para seus compromissos. Além da franquia de Massachusetts, Miami Heat, Philadelphia 76ers, Dallas Mavericks, Washington Wizards e Chicago Bulls são equipes que têm consideráveis números de jogadores com o vírus ou que tiveram contato com pessoas infectadas.

Entre as mudanças no protocolo, estão: jogadores são obrigados a ficar em casa e sair apenas para compromissos das franquias, reuniões em equipe limitadas a 10 minutos com todos participantes usando máscaras, jogadores proibidos de chegar nas arenas com mais de três horas de antecedência em dias de jogo, máscaras durante todo o tempo que estiverem no banco, indivíduos que visitarem atletas e staff deve realizar pelo menos dois testes para covid-19, entre outras medidas.

Coronavírus Esportes Basquete

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.