ASSINE

Flamengo vence Talleres e assume a liderança isolada do Grupo H da Libertadores

Os três pontos foram conquistados graças ao talento dos jogadores de frente, que tiveram muito espaço para jogar e decidiram o jogo

Tempo de leitura: 3min
Publicado em 13/04/2022 às 00h48
Gabigol, Bruno Henrique e Éverton Ribeiro fizeram boa partida diante do Talleres
Gabigol, Bruno Henrique e Éverton Ribeiro fizeram boa partida diante do Talleres. Crédito: Marcelo Cortes/Flamengo

O Flamengo conquistou sua segunda vitória consecutiva na Libertadores, ao derrotar, nesta terça-feira (12), no Maracanã, o Talleres, por 3 a 1, em duelo válido pela segunda rodada do Grupo H. Com o resultado, o time da Gávea lidera com seis pontos, contra três do time argentino e da Universidad Católica, do Chile. O Sporting Cristal, do Peru, com duas derrotas, ainda não marcou ponto.

Apesar do triunfo, a defesa do Flamengo voltou a cometer falhas, que poderiam ser fatais diante de um adversário mais gabaritado. Os três pontos foram conquistados graças ao talento dos jogadores de frente, que tiveram muito espaço para jogar. Taticamente o time ainda ficou devendo.

O JOGO

A fragilidade técnica e tática do Talleres colaborou para o Flamengo ter bastante espaço para realizar suas jogadas de ataque. Apesar disso, os erros de passes prejudicaram a equipe de Paulo Sousa para chegar à meta argentina.

Se o time rubro-negro ainda não mostrou um conjunto harmonioso em campo, pelo menos o quarteto formado por Éverton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa mostrou-se mais atuante. Com isso, o primeiro gol não demorou a sair. Arrascaeta foi derrubado dentro da área e o pênalti foi cobrado de forma perfeita por Gabriel, aos 11 minutos.

Sem forçar muito, o Flamengo deu a impressão de que tinha confiança que um segundo gol poderia sair a qualquer momento. Foi sair aos 26 minutos, após mais uma jogada iniciada por Arrascaeta, que passou por Bruno Henrique e foi finalizada por Éverton Ribeiro, com uma chute de fora da área.

Com os 2 a 0 no placar, o Flamengo diminuiu o ritmo e deixou o Talleres buscar o ataque, flagrando falhas no setor defensivo. Rodinei, que entrou no lugar de Matheuzinho (machucado), esteve mal na marcação e o time argentino aproveitou para atacar pelo seu lado esquerdo.

Aos 46, Girotti foi lançado dentro da área, deu um lindo toque de calcanhar e encontrou Fértoli livre para bater firme e diminuir para o Talleres. O goleiro Santos, que fez sua estreia, não teve o que fazer no lance.

Animado com o gol marcado ao final da primeira etapa, o Talleres voltou com tudo para o tempo final. Com dois minutos, Girotti obrigou Santos a fazer boa defesa. A iniciativa argentina abriu espaços para o Flamengo explorar no campo ofensivo. Rodinei, David Luiz tiveram chances de marcar, mas o terceiro gol saiu aos 15 minutos, com Éverton Ribeiro, após ótimo passe de Bruno Henrique.

Este vídeo pode te interessar

A partir daí, o jogo ficou aberto, com as equipes se revezando no ataque e desperdiçando boas oportunidades de marcar. Nos últimos quinze minutos, Pedro, que entrou no lugar de Gabriel, quase marcou em duas oportunidades. Se o ataque do Flamengo foi mais atuante desta vez, a defesa voltou a apresentar problemas de posicionamento e marcação.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.