> >
Dirigentes do Corinthians comentam quebra de protocolo de jogadores: 'Chamamos a atenção de todos'

Dirigentes do Corinthians comentam quebra de protocolo de jogadores: 'Chamamos a atenção de todos'

Roberto de Andrade e Alessandro falaram dos casos de Jô, Otero e Rodrigo Varanda, que "furaram" o isolamento, e explicaram por que as medidas não foram tornadas públicas...

Publicado em 9 de abril de 2021 às 13:35- Atualizado há 3 anos

Ícone - Tempo de Leitura 3min de leitura
(Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Após um longo período sem entrevistas coletivas, o Corinthians voltou a dar a oportunidade de os jornalistas indagarem personagens do clube para comentarem os assuntos atuais e os escolhidos para isso foram Roberto de Andrade e Alessandro, responsáveis pelo departamento de futebol. Logo de cara, eles tiveram de responder sobre o comportamento recente de alguns atletas durante o isolamento social e explicaram as medidas tomadas.TABELA> Veja classificação e simulador do Paulistão-2021 clicando aqui

GALERIA> Saiba quais jogadores do Corinthians que mais participaram de gols em 2021

Na conversa com a imprensa nesta sexta-feira, os dirigentes foram questionados sobre os casos de Jô, Otero e Rodrigo Varanda, que apareceram nas redes sociais em situações que não condiziam com o momento de agravamento da pandemia de coronavírus. Segundo Roberto e Alessandro, cada situação é diferente da outra, mas todos foram chamados a atenção.

- Nesse caso todos os atletas foram chamados para uma conversa com a diretoria, a gente chamou a atenção de todos eles. Cada caso é um caso, no caso do Rodrigo Varanda ele foi visitar a filha dele, tirou a máscara por um momento pra fazer uma foto. Tá errado? Tá errado. Chamou-se a atenção. Os meninos, você sabe que a gente tem uma preocupação maior, pelo fato da inexperiência, mas estamos muito atentos a esses movimentos, e não tem outra coisa a se fazer a não ser chamar a atenção, e conversar - afirmou Roberto de Andrade, diretor de futebol do Timão.- Se tivermos que expor de uma forma coletiva, faremos. Não tornamos publico, porque não entendemos ser necessário, conversamos com cada profissional. faremos a cobranças pertinentes a todos. Sei que é muito importante falar para o torcedor em situações como essa, mas que ele tenha sempre a clareza e a certeza que as coisas estão sendo conduzidas, mesmo no momento que tivemos que ser cobrado, fazemos - completou Alessandro.

O gerente de futebol reforçou o rigor dos protocolos adotados pelo Corinthians no dia a dia do clube, porém salientou que fora do CT é que existe o problema e nesse sentido todos os atletas recebem as orientações necessárias, seja de maneira coletiva ou individual. Tudo para evitar novos casos de Covid-19 e respeitar as condições atuais de saúde no estado e em todo o país..

Este vídeo pode te interessar

- O Corinthians hoje segue rigorosamente os protocolos. Temos o pós-Corinthians que é o atleta em suas casas, em outros ambientes, pedimos que os atletas se preservem para preservar no dia a dia de trabalho. Conversamos de maneira pontual com eles, de maneira coletiva também. Os atletas sabem. A gente vê alguns atos acontecendo, mas em nome do Corinthians a gente cuida para evitar que essas coisas aconteçam. É importante que todos se envolvam nisso, a participação efetiva vai fazer com que esse momento passe o mais rápido possível - concluiu Alessandro.

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

Tags:

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais