ASSINE

Vendedor de picolé é jogado em córrego após cobrar dívida em Cachoeiro

A suspeita de empurrar a vítima é uma mulher que mora no bairro Coramara. Ela não foi localizada

Publicado em 28/11/2018 às 11h39
O vendedor de picolé ficou desacordado após ser jogado dentro da água . Crédito: Redes Sociais
O vendedor de picolé ficou desacordado após ser jogado dentro da água . Crédito: Redes Sociais

Um vendedor de picolé de 57 anos foi jogado dentro de um córrego na tarde desta terça-feira (27) no bairro Coramara, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado. A suspeita de empurrar a vítima é uma mulher que mora no bairro. Ela não foi localizada.

De acordo com a Polícia Militar, as causas do desentendimento ainda são desconhecidas, mas a vítima estava desacordada e o carrinho estava do outro lado, no meio de uma vegetação. Mas testemunhas relatam que a suspeita tenha feito a agressão após o vendedor cobrar uma dívida que ela tinha com ele.

O vendedor foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros para a Santa Casa de Misericórdia onde permanece internado no Pronto Socorro. A Polícia Militar fez buscas na região, mas não conseguiu localizar a suspeita. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil.

A Gazeta integra o

Saiba mais
cachoeiro

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.