ASSINE

Agora o assassino de Camata vem dizer que está triste? É um monstro, diz Rita

Ex-deputada federal que era casada com o ex-governador Gerson Camata, morto em dezembro, fala pela primeira vez sobre o crime e ressalta que dor de consciência, afirmada pelo assassino, não convence: "Isso não cabe para alguém que vivia propagando em todas as rodas que ia acabar com ele"

Publicado em 01/06/2019 às 18h46

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.