ASSINE

Ex-assessor pode pegar até 30 anos de prisão por morte de Gerson Camata

Marcos Venicio Moreira Andrade, 66 anos foi preso em flagrante dentro de uma loja da Praia do Canto, bem próximo ao local do crime

Publicado em 27/12/2018 às 11h44
 . Crédito:  Divulgação | Polícia Civil
. Crédito: Divulgação | Polícia Civil

O ex-assessor Marcos Venicio Moreira Andrade, 66 anos, que confessou à polícia ter matado o ex-governador do Espírito Santo Gerson Camatapode ser condenado a até 30 anos de prisão. O crime ocorreu na tarde desta quarta-feira (26), na Praia do Canto, em Vitória.

Marcos Venicio foi preso em flagrante e autuado por homicídio qualificado por motivo torpe, com dificuldade de defesa da vítima. A prisão do ex-assessor foi realizada pelo superintendente de Polícia Técnico-científico, Danilo Bahiense dentro de uma loja da Praia do Canto, bem próximo ao local do crime. A arma utilizada estava com registro vencido desde 2013.

"Não demonstrou resistência até porque ele já me conhecia, conheço ele há muitos anos. Ele vai ficar preso. Homicídio qualificado, porque não teve oportunidade de defesa. Um crime desse a pena mínima de 12 anos, e a máxima de 30 anos", afirmou Bahiense . 

AÇÃO JUDICIAL MOTIVOU CRIME 

De acordo com o secretário de Estado da Segurança, coronel Nylton Rodrigues, a motivação do crime contra Camata foi uma ação judicial promovida pelo ex-governador em desfavor do ex-assessor Marcos Venicio. "Esse ex-assessor trabalhou com Gerson durante 20 anos e teve R$ 60 mil bloqueados em sua conta devido à ação judicial. Hoje, na Praia do Canto, o autor do crime, foi tirar satisfação ao encontrar Gerson Camata na rua, na calçada próxima a uma padaria e a uma banca de revistas. Neste encontro iniciou-se uma discussão verbal, momento em que Marcos sacou uma arma e efetuou um disparo que vitimou o ex-governador".

A Gazeta integra o

Saiba mais
crime espírito santo gerson camata praia do canto vitória espírito santo vitória

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.