ASSINE

Casal capixaba que morreu no Mato Grosso do Sul é enterrado no ES

Henrique e Mery Ângela morreram na última sexta-feira (13), quando o carro em que estavam com a filha, de 4 anos, colidiu contra um veículo dirigido por uma médica

Publicado em 16/07/2018 às 16h27
Henrique Brandão e Mery Ângela, casal capixaba que morreu em acidente de carro no Mato Grosso do Sul. Crédito: Reprodução Facebook
Henrique Brandão e Mery Ângela, casal capixaba que morreu em acidente de carro no Mato Grosso do Sul. Crédito: Reprodução Facebook

Os capixabas Henrique Manoel Gomes Brandão, de 40 anos, e Mery Ângela Brandão, de 43 anos — que se envolveram em um acidente de trânsito na BR-060, em Sidrolândia, Mato Grosso Sul — foram enterrados na mesma cova no Cemitério Parque da Paz, em Cariacica, na tarde desta segunda-feira (16). Eles morreram na última sexta-feira (13), quando o carro em que estavam com a filha, de 4 anos, colidiu contra um veículo dirigido por uma médica. A criança segue internada em estado grave no hospital Santa Casa de Campo Grande, no MS.

O velório do casal acontecia desde a manhã desta segunda (16) em uma capela do cemitério. Bastante abalados, amigos e familiares se despediram de Henrique e Mery Ângela com uma salva de palmas. Houve momentos de orações e preces da Comunidade Santa Maria Gorete, onde os dois frequentavam, no bairro Campo Grande, em Cariacica.

Henrique trabalhava no Banestes como superintendente regional Sul havia um ano. O amigo de trabalho, o superintendente da região Noroeste, João Carlos Bussular elogiou o ex-funcionário. "Eu estive com Henrique na última reunião de apresentação dos superintendentes na última quinta-feira (12). Ele pediu para ser o primeiro a fazer a apresentação, pois iria viajar no dia seguinte. Ele era uma pessoa muito comprometido, inteligente e pronto para ouvir".

O CASO

Henrique Brandão e Mery Ângela morreram em acidente de carro em Sidrolândia, Mato Grosso do Sul. Crédito: Reprodução TV Morena/Montagem
Henrique Brandão e Mery Ângela morreram em acidente de carro em Sidrolândia, Mato Grosso do Sul. Crédito: Reprodução TV Morena/Montagem

Um casal capixaba morreu na sexta-feira (13) após se envolver em um acidente de carro na BR-060, em Sidrolândia, Mato Grosso do Sul. O carro, dirigido pelo superintendente do Banestes, Henrique Manoel Gomes Brandão, de 40 anos, colidiu com um veículo dirigido por uma médica, de 33 anos. A esposa de Henrique, a professora Mery Ângela Brandão, de 43 anos, também morreu na hora com o impacto da batida.

A filha do casal, uma menina de quatro anos, que também estava no carro, foi socorrida e levada para um hospital de Campo Grande. Ela sofreu traumatismo cranioencefálico (TCE), além de várias fraturas pelo corpo. Neste sábado (14),  ela foi transferida do setor de Ortopedia para o Centro de Terapia Intensiva (CTI), da Santa Casa de Campo Grande.

"Ela tinha algumas fraturas nos membros inferiores, esquerdo e direito e no superior esquerdo. No outro veículo tinha uma médica de 33 anos, ela estava com algias abdominais, provavelmente causadas pelo cinto de segurança", disse o tenente do Corpo de Bombeiros, Henrique Falcão, em entrevista a TV Morena, de Campo Grande. 

A família havia chegado em Campo Grande na manhã desta sexta-feira (13). Eles estavam de férias e alugaram um carro no local para ir a Bonito-MS. A condutora do outro carro, sofreu ferimentos leves e, após ser hospitalizada na sexta-feira, recebeu alta.

Uma irmã da professora Mery foi em Campo Grande-MS para liberar os corpos e cuidar do translado para o Espírito Santo.

Henrique estava há um ano como superintendente regional sul e por este motivo havia se mudado para a Cidade de Cachoeiro de Itapemirim. Antes disso, Henrique, que é formado em direito, havia passado por agências em Cariacica, Vitória e Vila Velha. Ele ingressou no Banco Banestes no dia 29/09/2004. Mery era professora da prefeitura de Vitória.

NOTA DE PESAR DO BANESTES

O Banestes lamenta profundamente o falecimento de seu superintendente Regional Sul, Henrique Manoel Gomes Brandão, e de sua esposa, ocorrido nesta sexta-feira (13) em um acidente em Mato Grosso do Sul. Manifestamos o sentimento de solidariedade à dor da família e também dos amigos do Banco, onde ele atuou por mais de 10 anos.

A Gazeta integra o

Saiba mais
espírito santo espírito santo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.