ASSINE

Movimentação nas ruas e alguns comércios abertos no 1° dia de quarentena no ES

Boa parte dos estabelecimentos respeitou a determinação e não abriu as portas nesta quinta-feira (18). Mas, algumas lojas, que não fazem parte das consideradas atividades essenciais, estavam funcionando normalmente na Grande Vitória

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 18/03/2021 às 12h11
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na Avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES. Crédito: Vitor Jubini

Na primeira manhã de vigência do decreto estadual que estabeleceu a quarentena para conter o avanço da Covid-19 no Espírito Santo, boa parte dos estabelecimentos respeitou a determinação e não abriu as portas nesta quinta-feira (18). Mas, algumas lojas, que não fazem parte das consideradas atividades essenciais, estavam funcionando normalmente em municípios da Grande Vitória.

A reportagem de A Gazeta rodou pelos principais polos comerciais da Região Metropolitana e flagrou diversas lojas, que não estão contempladas pelo decreto, abertas e em funcionamento, o que não é permitido de acordo com o regramento estabelecido.

Na Avenida Central, em Laranjeiras, na Serra, apesar de a maioria das lojas respeitar o decreto, muitas que não fazem parte das atividades essenciais estavam abertas pela manhã.

A situação se repetiu na Avenida Expedito Garcia, no bairro Campo Grande, em Cariacica. Muitos estabelecimentos que não têm o funcionamento contemplado pelo decreto permaneceram fechados. No entanto, algumas lojas funcionavam normalmente, desrespeitando a regulamentação.

Em Vitória, algumas lojas que não fazem parte das atividades essenciais também abriram na manhã desta quinta-feira (18). A reportagem observou lojas de roupas, calçados, utensílios eletrônicos e diversos nos bairros Centro, Jardim Camburi e Praia do Canto.

Movimentação nas ruas e alguns comércios abertos no 1º dia de quarentena no ES

Movimento do comércio na avenida Central no bairro Laranjeiras, na Serra, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Central no bairro Laranjeiras, na Serra, no primeiro dia de quarentena no ES. Ricardo Medeiros
Movimento do comércio na avenida Central no bairro Laranjeiras, na Serra, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Central no bairro Laranjeiras, na Serra, no primeiro dia de quarentena no ES. Ricardo Medeiros
Movimento do comércio na avenida Central no bairro Laranjeiras, na Serra, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Central no bairro Laranjeiras, na Serra, no primeiro dia de quarentena no ES. Ricardo Medeiros
Movimento do comércio na avenida Central no bairro Laranjeiras, na Serra, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Central no bairro Laranjeiras, na Serra, no primeiro dia de quarentena no ES. Ricardo Medeiros
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES. Vitor Jubini
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES. Vitor Jubini
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES. Vitor Jubini
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES. Vitor Jubini
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES. Vitor Jubini
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES. Vitor Jubini
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES

O QUE DIZEM AS PREFEITURAS

O subsecretário de Defesa Social de Cariacica, Wagner Borges, afirmou que equipes da prefeitura estão realizando a fiscalização em conjunto com agentes da Polícia Militar.

“Em Cariacica, as equipes da fiscalização, em conjunto com o Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, estão passando em todas as lojas que não estão cumprindo o decreto governamental e trabalhando a questão orientativa do fechamento. Alguns comerciantes farão uma reunião com o prefeito Euclério Sampaio. Nós estamos atendendo a todos, conversando e buscando o diálogo para resolver o problema”, disse.

Sobre comerciantes que mesmo com a orientação voltem a abrir ou não respeitem o decreto, o subsecretário afirmou que para esta conduta são previstas notificações, multas e até interdição do local. No entanto, Borges diz que a busca é sempre pelo diálogo.

“Aí são tomadas as medidas de acordo com a legislação, que vai de notificação, multa até a interdição do estabelecimento comercial. São vários passos em que se pode chegar. A gente não quer chegar nesses passos, por isso buscamos o diálogo, negociação para que haja o entendimento de tal maneira que se faça o cumprimento de decreto”.

A Prefeitura de Vitória informou, por nota, que “está seguindo o que determina o Decreto Nº 4838-R, do governo do Estado do Espírito Santo, que dispõe sobre medidas restritivas do risco extremo para o enfrentamento da Covid-19, no período entre 18/03/2021 e 31/03/2021”. Disse ainda que possui um comitê com atuação permanente para a fiscalização de protocolos de segurança e ação no sentido de engajar a população e que já fez a abordagem de 1095 estabelecimentos de 1º de janeiro até 14 de março.

Sobre a atuação específica nesta quinta-feira (18), informou que equipes estão percorrendo as feiras livres da Capital, fiscalizando e orientando feirantes e a população em geral sobre a necessidade de se seguir os protocolos de segurança contra a Covid-19 e fiscalizando a presença de ambulantes no entorno dela. “Na manhã desta quinta-feira (18), os fiscais estiveram na feira da Praia do Canto”, disse. E completou que denúncias podem ser registradas pelo Fala Vitória (156), site da PMV e pelo aplicativo Vitória Online.

As prefeituras de Serra e Vila Velha também foram procuradas pela reportagem. Esta matéria será atualizada com o posicionamento de cada uma assim que houver retorno.

24 SERVIÇOS ESSENCIAIS 

  1. Assistência à saúde, incluindo serviços médicos e hospitalares;
  2. Serviços públicos considerados essenciais, de acordo com manifestação do poder, órgão ou entidade;
  3. Atividades industriais;
  4. Assistência social e atendimento à população em situação de vulnerabilidade;
  5. Atividades de segurança pública e privada, incluindo a vigilância, a guarda e a custódia de presos;
  6. Atividades envolvendo produtos de saúde, higiene e gêneros alimentícios, incluindo atividade agropecuária, farmácias, comércio atacadista, hipermercados, supermercados, minimercados, hortifrútis, padarias e lojas de produtos alimentícios;
  7. Atividades envolvendo equipamentos de infraestrutura, instalações, máquinas e equipamentos em geral, incluídos elevadores, escadas rolantes e equipamentos de refrigeração e climatização;
  8. Atividades envolvendo insumos necessários aos serviços essenciais, incluindo lojas de insumos agrícolas e lojas de material de construção civil;
  9. Comercialização de produtos e serviços de cuidados animais;
  10. Geração, Transmissão e Distribuição de energia elétrica;
  11. Transporte público coletivo; de passageiros por táxi e transporte privado urbano por meio de aplicativo, para atendimento a serviços e atividades essenciais;
  12. Casa de peças e oficinas de reparação de veículos automotores;
  13. Telecomunicações, internet, serviços relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados (data center) para suporte de outras atividades essenciais;
  14. Serviços funerários;
  15. Agências bancárias, casas lotéricas e serviços postais;
  16. Atividades da construção civil;
  17. Atividades de petróleo, combustíveis, biocombustíveis, gás liquefeito de petróleo e demais derivados de petróleo, incluindo postos de combustíveis, produção, transporte e distribuição de gás natural;
  18. Serviços de distribuição de água, incluindo distribuidoras de água a granel ou envasada;
  19. Atividades de jornalismo e serviços de radiodifusão sonora e de sons e imagens;
  20. Serviços de limpeza urbana e coleta de lixo;
  21. Hotéis, pousadas e afins, limitada a 50% (cinquenta por cento) de sua capacidade;
  22. Atividades, de igrejas e templos religiosos, com cultos e missas, preferencialmente, virtuais, respeitado o atendimento individual;
  23. Atividade, de pesca no mar; e
  24. Atividade, de locação de veículos.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Cariacica Serra Coronavírus no ES serra Comércio Quarentena no es

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.