ASSINE

Sesa quer vacinar primeiro pessoas com síndromes e obesidade mórbida

Pessoas com deficiência, doenças raras e obesidade mórbida devem ter prioridade na vacinação contra a Covid-19 após a conclusão da imunização do grupo de idosos acima de 60 anos

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 23/04/2021 às 15h44
O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, em entrevista à TV Gazeta
O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, em entrevista à TV Gazeta. Crédito: Reprodução / TV Gazeta

Pessoas com deficiência, doenças raras e obesidade mórbida devem ter prioridade na vacinação contra a Covid-19 no Espírito Santo após a conclusão da imunização do grupo de idosos acima de 60 anos.

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, e o subsecretário Luiz Carlos Reblin, explicaram nesta sexta-feira (23), durante coletiva de imprensa on-line, que as diretrizes para definição das comorbidades que devem ser levadas em consideração na próxima fase da vacinação no Estado estão sendo definidas por uma câmara técnica de gestores municipais e estaduais.

Nésio Fernandes

Secretário de Estado da Saúde

"Pessoas com doenças raras, com deficiência, com déficit intelectual, pessoas com Síndrome de Down e obesidade mórbida devem estar na primeira linha de vacinação após concluirmos a vacinação dos idosos acima de 60 anos ou mais"

Nésio defende a ideia de vacinar capixabas de 50 a 59 anos no entendimento de que essas pessoas estão entre as que mais apresentam comorbidades no Espírito Santo. Segundo ele, o assunto já está sendo debatido em um cenário nacional.

"Avançar na vacinação do grupo entre 50 a 59 anos é oportuno para o Brasil na perspectiva de que nós estaríamos avançando num grupo que reúne ainda uma gama de pessoas com comorbidades associadas ao maior risco de mortalidade pela pandemia, em especial, as pessoas com cardiopatias, doenças metabólicas associadas à alta mortalidade pela Covid-19", explicou o secretário.

A Gazeta integra o

Saiba mais
SESA Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 nesio fernandes Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.