ASSINE

Novas cepas do coronavírus: ES quer ampliar controle no aeroporto

Medidas devem ser anunciadas na próxima sexta-feira (12); Secretaria de Saúde já solicitou lista de passageiros que viajaram a Manaus (AM)

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 08/02/2021 às 17h39
Atualizado em 08/02/2021 às 20h18
Desembarque das 35.500 doses da vacina AstraZeneca, de Oxford, que chegaram ao Aeroporto de Vitória neste domingo (24).
Governo do ES quer ampliar controle sobre passageiros vindos de Estados com confirmações das cepas do novo coronavírus. Crédito: Helio Filho/Secom ES

A Secretaria de Saúde do Espírito Santo (Sesa) anunciou nesta segunda-feira (8) que deve tornar mais rigorosa a vigilância no aeroporto de Vitória, como forma de ampliar o controle sobre as variantes do novo coronavírus – especialmente em viagens originárias de Estados onde a circulação delas já foi confirmada.

De acordo com o secretário Nésio Fernandes, serão realizadas reuniões durante esta semana com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e as companhias aéreas para definir esses possíveis protocolos. Já as potenciais medidas devem ser apresentadas na próxima sexta-feira (12).

Com o mesmo objetivo, a Sesa já solicitou que as empresas que operam os voos entre o Espírito Santo e o Amazonas enviem a lista de passageiros que viajaram diretamente a Manaus. No entanto, de acordo com Nésio Fernandes, até a tarde desta segunda-feira (8), apenas a Azul enviou a relação parcial dos passageiros.

Atualmente, a secretaria investiga possíveis casos de infecção pelas variantes do novo coronavírus. Entre eles, está o de um casal que vive no município de São Roque do Canaã, no Noroeste do Estado, que teve contato com pessoas vindas do Amazonas e passou a apresentar sintomas da Covid-19.

Ainda segundo o secretário, as amostras biológicas colhidas das pessoas com a suspeita foram encaminhadas à Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz), no Rio de Janeiro. "Estamos aguardando o resultado dos estudos. No momento em que forem concluídos, faremos a divulgação", afirmou Nésio Fernandes, sem precisar uma data.

OS PACIENTES DE MANAUS NO ES

Sem ter qualquer relação com o caso de infecção investigado no interior do Estado, a maior parte dos 36 manauaras transferidos ao Hospital Estadual Dourtor Jayme Santos Neves, na Serra, segue lutando contra a Covid-19. Apenas dois deles já tiveram alta e cinco, infelizmente, vieram a óbito.

No início da noite desta segunda-feira (8), mais três pacientes voltarão para a casa de acordo com a Sesa. "Temos, neste momento, 22 pacientes em condições de alta clínica, que só são liberados se apresentarem dois resultados negativos em testes PCR em 24 horas", detalhou o secretário.

ES TAMBÉM RECEBE PACIENTES DE RONDÔNIA

Além da ajuda já prestada aos brasileiros do Amazonas, o Espírito Santo também irá acolher 15 pacientes de Rondônia. Por enquanto, apenas três já estão em solo capixaba. O primeiro chegou neste domingo (7). Todos estão em estado grave, internados em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Estadual Doutor Jayme dos Santos Neves.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.