ASSINE

Madrugada de barulho: motociclistas aceleram e empinam motos em Camburi

Moradora flagrou o momento em que um grupo de motociclistas se reuniu no meio da rua, por volta das 2h da madrugada, desta quinta-feira (8)

Publicado em 08/10/2020 às 12h17
Atualizado em 08/10/2020 às 21h02
Motociclistas aceleram motos em Camburi
Motociclistas aceleram motos em Camburi. Crédito: Leitor de A Gazeta

O silêncio dos moradores de Jardim Camburi, em Vitória, é interrompido com frequência pelo barulho da descarga das motos de alguns motociclistas, entre eles, entregadores. Um vídeo gravado na madrugada desta quinta-feira (8) flagrou o momento em que motociclistas aceleram alto, empinam as motos e até andam na contramão pela Avenida Dante Michelini.

A moradora que gravou as imagens pediu para não ser identificada, mas contou que, só na semana passada, a situação se repetiu por pelo menos três vezes. O vídeo feito nesta quinta (8) foi gravado por volta das 2h da manhã, depois que ela e outros moradores do prédio tiveram o sono interrompido.

"Não é todo dia, mas foram três vezes na semana passada e esta foi a primeira vez esta semana. Eu comecei a filmar e, logo depois,  eles foram embora, por isso não liguei para a polícia", contou. 

Moradora de Camburi

Que não quis se identificar 

"É um barulho muito alto, acordou todo mundo no prédio, porque eles ficam fazendo graça no meio da rua"

O grupo costuma se concentrar no final da Avenida Dante Michelini, próximo ao viaduto da Vale. Além do barulho, eles fazem manobras perigosas. 

"Como não tem ninguém na rua, eles ficam empinando moto e, quando cheguei na varanda, eles estavam vindo até na contramão, gritando. Eles botam alguma coisa na descarga da moto e ficam acelerando, faz muito barulho. Antes, sempre tinha blitz ali, não sei por que a polícia sumiu daqui", conta a moradora.

POLÍCIA MILITAR E PREFEITURA DE VITÓRIA

A reportagem de A Gazeta procurou a Polícia Militar e a Prefeitura de Vitória para saber se ambas têm conhecimento dos fatos e se planejam alguma ação para evitar esse tipo de situação. 

Por meio de nota, a Polícia Militar informa que delitos de trânsito dessa natureza são de difícil fiscalização, já que as informações acerca de eventuais blitzes são rapidamente difundidas por meio grupos de mensagens e redes sociais.

"Dessa forma, é fundamental que o cidadão denuncie as práticas via 190 para que as viaturas de área possam atuar na repressão desse tipo delito. Cabe ressaltar aos infratores que o uso inadequado da via, infringindo as normas previstas no CTB, colocando em risco a segurança, a paz e o sossego das pessoas, pode ser punido com a apreensão do veículo e suspensão da CNH", finaliza a nota.

A prefeitura informou que a Guarda Municipal de Vitória fará uma ação no local, nos próximos dias. Ressaltou, ainda, que "atua regularmente a fim de coibir infrações como essas, porém os infratores, ao avistarem as viaturas, mudam o comportamento dificultando o flagrante. A Guarda solicita que os moradores denunciem pelo 190".

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.