ASSINE

Deputadas querem que Câmara aprove moção de repúdio a Sérgio Camargo

Benedita da Silva (PT) e Erika Kokay (PT) apresentaram requerimento à Comissão de Cultura da Câmara na terça (8)

Publicado em 09/06/2021 às 16h11
O presidente Jair Bolsonaro e Sergio Camargo
O presidente Jair Bolsonaro e Sergio Camargo. Crédito: Reprodução

As deputadas federais Benedita da Silva (PT-RJ) e Erika Kokay (PT-DF) querem que a Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados aprove uma moção de repúdio ao presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, por ofensas e ataques que ele fez aos membros da comissão e ao parlamento.

As parlamentares apresentaram um requerimento na terça (8).

Na segunda (7), Camargo se recusou a participar de audiência pública mediada por Benedita que tinha como tema a crise institucional da fundação. “Não me sento à mesa para dialogar com pretos racistas!”, escreveu Camargo no Twitter. “Crise institucional = cortei a mamata da negrada vitimista e artistas queridinhos da militância.”

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.