ASSINE

Vale tem lucro de US$ 7,586 bilhões; produção cresce 9,8% no ES

Resultado financeiro da companhia tem relação com a valorização do minério de ferro no mercado internacional, elevando 662% o lucro líquido em comparação com o segundo trimestre do ano passado

Publicado em 29/07/2021 às 10h13
Pátio da Vale com novo produto celulósico nas pilhas de minério de ferro
Pátio da Vale com novo produto celulósico nas pilhas de minério de ferro. Crédito: Marcelo Rosa/Agência Vale/Divulgação

Vale registrou lucro líquido de US$ 7,586 bilhões no segundo trimestre de 2021, aumento de 662% em relação ao mesmo período de 2020. Na comparação ao primeiro trimestre deste ano, o lucro mostrou aumento de 37%. O resultado da companhia foi favorecido pelo aumento das vendas e pelo elevado preço do minério de ferro, de US$ 200 a tonelada de abril a junho, bem acima do mesmo período do ano passado (US$ 95,9).

Além do resultado positivo na área financeira, a companhia teve um bom desempenho no Espírito Santo com aumento de 9,8% na produção de pelotas de minério de ferro nas usinas do Sistema Sudeste, localizado no Complexo de Tubarão, em Vitória, no segundo período do ano em comparação com o primeiro. Em relação ao mesmo trimestre do ano passado, a alta na produção foi de 12%, segundo o relatório de produção da mineradora.

Nas demonstrações financeiras divulgadas há pouco, a Vale destacou que o resultado, na comparação com o primeiro trimestre, refletiu o maior Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) proforma e o maior resultado financeiro, principalmente devido ao impacto do real mais forte nos hedges cambiais e de juros e o efeito da marcação a mercado das debêntures participativas no 1º trimestre.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado cresceu 227% em um ano, para US$ 11,038 bilhões. Quando comparado ao trimestre imediatamente anterior, o indicador mostrou alta de 32%.

Eduardo Bartolomeo, presidente da mineradora, afirmou no balanço que a Vale está com a "confiança elevada" e continua no caminho certo em sua estratégia de redução de riscos, simplificação dos negócios e atingimento de nossas ambições.

"Enquanto continuamos com a retomada da nossa capacidade de produção de minério de ferro, também eliminamos seis barragens a montante e avançamos consistentemente em nossa agenda ESG. Acreditamos em produção segura e excelência operacional e, por isso, temos mantido a guarda alta na prevenção da covid-19 em todos os países que operamos", disse ele.

Já a receita operacional líquida de vendas da mineradora foi de US$ 16,675 bilhões no segundo trimestre deste ano, 122% maior do que no segundo trimestre do ano passado.

Principal negócio da Vale, a produção de minério de ferro atingiu 75,685 milhões de toneladas no segundo trimestre de 2021, alta de 12% sobre o mesmo período do ano passado, como mostrou o relatório de produção da companhia divulgado ao mercado na segunda-feira passada, 19. O resultado da produção veio em linha com o esperado pelo mercado e reforçou o cenário de cumprimento da meta da companhia, de produzir de 315 a 355 milhões de toneladas de minério em 2021.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Vale SA Mineração indústria Porto de Tubarão

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.