ASSINE

Indústria vai pedir alívio na conta de energia para baratear produção na pandemia

Proposta da entidade é que a isenção dure 90 dias para reduzir os custos de produção na fase mais crítica da pandemia; o benefício reduziria o preço em cerca de 25%

Publicado em 07/04/2021 às 14h42
Atualizado em 07/04/2021 às 14h42
Torres de transmissão de energia elétrica
Torres de transmissão de energia elétrica. Crédito: Miguel Ângelo/CNI

A CNI (Confederação Nacional da Indústria) vai ao governo pedir isenção de tributos federais e encargos setoriais que incidem sobre a conta de luz.

A proposta da entidade é que a isenção dure 90 dias para reduzir os custos de produção na fase mais crítica da pandemia e, no período, o repasse aos estados seria feito pela União.

Pelos cálculos da CNI, o benefício reduziria em cerca de 25% o preço da energia.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Brasil Brasil energia elétrica indústria Ministério de Minas e Energia

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.