ASSINE

Funchal: reforma do IR leva a cerca de R$ 20 bi de perda a Governo Central

O secretário especial de Tesouro e Orçamento  disse que o número oficial das contas cabe à Receita Federal, mas é com esse montante aproximado que o governo está trabalhando

Publicado em 03/09/2021 às 15h26
Bruno Funchal foi nomeado como secretário especial de Fazenda
Bruno Funchal foi nomeado como secretário especial de Fazenda. Crédito: EDU ANDRADE/Ascom/ME

secretário especial de Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Bruno Funchal, calculou nesta sexta-feira (03) que a reforma do Imposto de Renda leva a cerca de R$ 20 bilhões de perda para Governo Central. Ele disse que o número oficial das contas cabe à Receita Federal, mas é com esse montante aproximado que o governo está trabalhando.

Funchal disse que a reforma tributária já caminhou e que a administrativa deve ficar para terceiro plano ainda que ele veja algum espaço para o início de tramitação na Câmara.

Durante evento virtual Scoop Day, com transmissão pela TC Rádio e pelo YouTube do TC, ele também enfatizou que o governo vai reduzir quase 2 pontos porcentuais do Produto Interno Bruto (PIB) com gastos de um mandato do governo para outro.

El salientou que a melhor forma de colocar as contas públicas em dia é por meio da diminuição de despesas, mas que esse é um limite que é preciso balancear. "Tem um limite essa perda. Agora não tem tanto espaço para fazer redução de carga", comentou.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.