ASSINE

Consumo de bens industriais no País cresceu 0,6% em janeiro, diz Ipea

A produção industrial voltada para o mercado doméstico avançou 0,9% em janeiro ante dezembro, enquanto a importação de bens industriais teve uma queda de 3,6%

Publicado em 08/03/2021 às 14h38
Atualizado em 08/03/2021 às 14h38
Mulheres em fábrica da GM no Brasil
Na indústria automotiva, as mulheres tendem a ter uma formação mais completa: 33% têm ensino superior e 8% possuem especialização. Crédito: GM/Divulgação

A demanda por bens industriais no País aumentou em janeiro, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea de Consumo Aparente de Bens Industriais teve um crescimento de 0,6% em relação a dezembro.

A produção industrial brasileira voltada para o mercado doméstico avançou 0,9% em janeiro ante dezembro, enquanto a importação de bens industriais teve uma queda de 3,6%.

Na comparação com janeiro de 2020, o consumo aparente de bens industriais - obtido através da soma das importações e da produção industrial brasileira que não foi exportada - aumentou 1,5% em janeiro de 2021.

O consumo de bens domésticos caiu 0,4%, mas o de importados subiu 9,6%.

A variação acumulada em 12 meses ficou negativa em 5,8%.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.