ASSINE
Formado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Espírito Santo, integrado com Purdue University Calumet (EUA). Especialista em Análise Financeira pela PUC-RS. Sócio da Valor Investimentos e chefe da mesa de renda variável Matriz. CFA®️Program Participant, CFA Institute.

Inflação americana aumenta expectativa com a “superquarta”

Esta quarta-feira (15) será um dia importante conhecido como 'superquarta', onde tanto o Banco Central Americano quanto o Banco Central Brasileiro tomarão suas decisões em relação à taxa de juros básica

Vitória
Publicado em 15/06/2022 às 09h15

Nos últimos dias, as bolsas pelo mundo afora seguem digerindo os dados de inflação americana bem acima das expectativas, divulgados na sexta-feira (10). Com a inflação acima do esperado, cresce a expectativa do banco central americano elevar a taxa de juros a patamares não vistos há mais de uma década, fazendo com que os investidores migrem parte dos seus investimentos em ações para ativos mais conservadores como os títulos do tesouro americano.

A inflação americana, que por muitos anos se manteve entre 0 e 2%, atualmente acumula alta de mais de 8% nos últimos meses, a pior vista em mais de 40 anos! Após o início do conflito entre Rússia e Ucrânia, esse movimento de aceleração da inflação ganhou força principalmente por preço de commodities mais elevadas, como petróleo, soja, milho, entre outros.

Prédio do banco central americano Federal Reserve System (FED)
Prédio do banco central americano Federal Reserve System (FED). Crédito: Britt Leckman / Federal Reserve System FED

Na esteira de uma inflação elevada e consequentemente juros maiores mundo afora, vem crescendo o receio com recessão, visto que nesse cenário se espera um impacto negativo na capacidade de consumo e atividade econômica. Todos esses fatores vêm fazendo com que os investidores assumam uma postura mais defensiva, buscando ativos mais conservadores, menos dependentes de crescimento e menos voláteis.

Esta quarta-feira (15) será um dia importante conhecido como 'superquarta', onde tanto o Banco Central Americano quanto o Banco Central Brasileiro tomarão suas decisões em relação à taxa de juros básica e poderão dar pistas do que planejam em relação à política monetária de ambos os países. A ver.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.