ASSINE
Ph.D em Contabilidade, consultora de empresas em Ciência de Dados e negócios, professora da Fucape Business School, jornalista e comentarista da CBN Vitória

Mega-Sena da Virada: qual a chance de você ganhar a fezinha de ano-novo?

O ritual da virada pede que você faça o que for necessário para que o ano que ingressa seja melhor. É uma questão de fé, mas, na prática, o dinheiro poderia ser melhor aplicado para ter rendimentos

Vitória
Publicado em 30/12/2021 às 11h21

O ritual da virada pede que você faça o que for necessário para que o ano que ingressa seja melhor. Pular ondas (três, talvez); comer uvas; usar amarelo atrai riqueza; vermelho, amor; branco, paz. E jogar na Mega-Sena da virada. O brasileiro não esquece da loteria. É uma questão de fé, esperança.

Costumo colocar na mesma sacola três “aplicações” que não rendem nada, em valor esperado: loterias, caderneta de poupança e títulos de capitalização.

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 120 milhões
Mega-Sena vira esperança para muitos, mas é quase impossível ganhar. Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A caderneta de poupança está rendendo abaixo da inflação (hoje, 0,5% ao mês), mesmo com o juro básico em aceleração. Serve para reserva de emergência, mas não para se obter rentabilidade. Ainda assim, é o investimento mais utilizado por brasileiros de baixa renda, por razões muito claras: não é preciso ter educação financeira para aplicar na poupança, não se paga imposto sobre o rendimento, e a liquidez é imediata.

Os títulos de capitalização são adorados pelos bancões. O cliente assume o compromisso de pagar mensalmente um valor ao banco, e em troca participa de sorteios de brindes ou prêmios em dinheiro. No vencimento, os valores depositados podem ser resgatados com uma correção irrelevante (menor do que o da poupança), uma vez que parte do dinheiro é taxa de administração. O cliente pode resgatar menos do que pagou no fim do dia. É pior que guardar dinheiro no colchão.

Por fim, temos a loteria da Mega-Sena. A chance de você ganhar na Mega-Sena, dado que você escolheu apenas seis dezenas (fez um jogo) é de 1 dividido por 50 milhões. Está escrito no verso do cartão da loteria, aquele que você marca na lotérica. Essa divisão dá um número muito, mas muito, próximo de zero. Logo, a chance de você ganhar na loteria dado que você jogou se assemelha muito à chance de você ganhar na loteria dado que você não jogou.

A chance de você ganhar na Mega-Sena é menor do que a probabilidade de você ser atingido por um raio. O ELAT (Grupo de Eletricidade Atmosférica do INPE) afirma que por volta de 300 pessoas são atingidas por raios por ano no Brasil, sendo que 110 destas morrem (média entre 2000-2019). A probabilidade seria de 1,4 em 1 milhão.

Mas é aquela história: a esperança é última que morre. E ela é imune a qualquer raio.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.