ASSINE
Ph.D em Contabilidade, consultora de empresas em Ciência de Dados e negócios, professora da Fucape Business School, jornalista e comentarista da CBN Vitória

Dá para pagar conta de luz com criptomoeda?

Dá para comprar imóvel e pagar conta (sim, boletos de água, luz, telefone, por exemplo); muitas empresas no Brasil e no mundo já aceitam pagamentos em bitcoin e outras criptos. Saiba como fazer

Vitória
Publicado em 18/03/2022 às 09h26

As criptomoedas estão ganhando um papel fundamental na economia mundial. Ao investidor, não cabe mais ficar indiferente: já passou da hora de avaliar a possibilidade de ter Ethereum (ETH) ou Bitcoin (BTC) na carteira. Pesquisa da Fundstrat Global Advisors, entidade de pesquisa em finanças sediada em Nova York, informou que investidores de venture capital compraram em torno de US$ 4 bilhões em criptomoedas, nas últimas três semanas de fevereiro deste ano. Em crises bélicas, econômicas ou sanitárias, as moedas digitais podem se tornar um refúgio para o investidor que deseja desviar-se de sanções ou de restrições de circulação da moeda oficial.

O bitcoin, na visão de alguns analistas, é uma promessa para 2022. Mas é preciso estômago, o sobe e desce do preço da moeda é extraordinário. O bitcoin já chegou a oscilar 20% em um único dia. Um bitcoin vale hoje, 18 de março de 2022, quase R$ 205 mil. Isso mesmo. Então R$ 100 mil equivalem a 0,50 centavos de bitcoin. Em moeda americana, um bitcoin está cotado a US$ 40 mil, a preço de hoje.

Muitas empresas já aceitam pagamentos em bitcoin, talvez a mais conhecida criptomoeda no mundo. A construtora Tecnisa, no Brasil, aceita bitcoin para o pagamento da entrada dos seus empreendimentos imobiliários desde 2014. Há clínicas veterinárias e estúdios de tatuagem que também aceita bitcoin em São Paulo. A Microsoft e a Coca-Cola são outros exemplos de companhias que aceitam negociar em bitcoin com fornecedores.

Dias atrás, o empresário Roberto Justus declarou ter recebido criptomoedas como pagamento por um imóvel que valia milhões de reais. Ele recebeu as criptos, fez a conversão ao mesmo dia para o real, em uma operação que durou minutos. Dá para comprar imóvel e pagar conta (sim, boletos de água, luz, telefone, por exemplo) com criptomoeda também.

Criptomoedas cripto bitcoin ethereum
Muitas empresas já aceitam pagamentos com criptomoedas. Crédito: dulezidar / Getty Images

Alguns aplicativos podem ajudar no pagamento dos boletos com bitcoin ou criptomoedas. Primeiro, você precisa ter conta em uma gateway de pagamento, que são as intermediadoras. Conheço bem a Paguecombitcoin.com, mas há outras que você pode pesquisar: LunesPayKamoneyBitbolGlobalMoney Trading.

  • Basta copiar o código do boleto (aquela sequência de números acima da barra) e colar no aplicativo. 
  • Após o pedido de pagamento, a plataforma em geral disponibiliza um endereço para você realizar a transferência do bitcoin. 
  • Em seguida, o pagamento é confirmado. Claro, não há almoço grátis. As gateways cobram taxas por isso, que podem chegar a 4% do valor negociado, ou R$ 1 por boleto pago, enfim, as taxas de cobrança mudam bastante entre os portais.

Para pagar qualquer conta com criptomoeda, você precisa ter essa moeda em carteira, em uma exchange (corretora de criptos). Algumas delas: Mercado BitcoinFoxbit e Binance. Basta criar uma conta nessas plataformas.

Para transferir os reais da sua conta bancária tradicional (os bancões ou fintechs) para essas exchanges, você fará um pix. As exchanges geram um QRCode que facilita a transação.

Olha, esse mundo é novo. Cuidado com as tentativas de golpe, elas são muitas nesse universo, uma vez que falta regulação para a criptomoeda. Não entre em exchanges desconhecidas e procure sempre o canal de atendimento do Banco Central em caso de dúvida.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.