ASSINE

Loja aposta em canais digitais e se mantém conectada

A Central de Aviamentos São Paulo investiu em novos recursos para ficar em contato permanente com seu público

  • Central de Aviamentos

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 23/06/2021 às 17h51
Central de Aviamentos São Paulo
Central de Aviamentos São Paulo: variedade de produtos, bons preços e qualidade no atendimento. Crédito: CA/Divulgação

Diversificar os meios de comunicação on-line com o público, investir em atendimentos remotos personalizados e produzir conteúdo relevante nas redes sociais. Esse foi um caminho que a Central de Aviamentos São Paulo decidiu seguir para se aproximar ainda mais do seu público.

Estratégias de um tempo de pandemia e isolamento social, mas que vieram para ficar.

“Foi necessário investir ainda mais no mundo digital para que a Central de Aviamentos São Paulo mantivesse a conexão com o público e com isso continuasse na lembrança dos consumidores”, contou Gilda Rosane Bernardes, sócia da empresa ao lado do marido Luiz Antonio Bernardes.

A empresária ressalta que entende que público, cada vez mais, deseja praticidade na hora da compra. “Por isso, estamos investindo em nosso e-commerce a fim de expandir as opções de contato com a empresa, trazendo assim maior comodidade no dia a dia do cliente”, acrescenta.

Esse movimento da Central de Aviamentos em direção ao ambiente virtual não tira da empresa a característica do olhar cuidadoso para as necessidades dos consumidores, oferecendo variedade de produtos, bons preços e qualidade no atendimento.

São esses alguns dos atributos que, na avaliação de Rosane Bernardes, fazem da empresa mais uma vez campeã no Recall de Marcas Rede Gazeta, na categoria Loja de Aviamentos.

“A liderança no Recall de Marcas representa uma grande conquista e, ao mesmo tempo, um estímulo para que nós, como empresa, estejamos sempre empenhados em melhorar o nosso serviço. E, assim, mantermos nosso posto de liderança conquistado nos quatro últimos anos, mesmo diante de situações adversas do mercado.”

A empresária lembra que, no início, o objetivo era vender aviamentos no atacado, com preços baixos. Mas em pouco tempo, com a ampliação do leque de produtos, o varejo também passou a ser uma realidade, sempre prezando pelo bom atendimento e preços competitivos.

Para manter o negócio em evidência, ensina Rosane, é essencial estar atento ao que aponta o mercado, especialmente no que se refere a lançamentos. E também é importante estar ligado às demandas da sociedade, como as questões relacionadas ao meio ambiente.

“Implantamos recentemente a placa solar na loja, seguindo nosso compromisso de ser uma empresa mais sustentável, considerando que esse recurso se utiliza de uma fonte de energia renovável”, orgulha-se Rosane Bernardes.

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.