ASSINE

Hospital do ES investe em um novo conceito de atendimento

Santa Rita investe em tecnologia, segurança e conforto para o paciente, fortalecendo a humanização do atendimento médico-hospitalar

  • Hospital Santa Rita

  • Estúdio Gazeta

    Este conteúdo é oferecido por um anunciante e criado pelo Estúdio Gazeta, o time de produção de conteúdo para marcas da Rede Gazeta. As publicações e estrutura do Estúdio Gazeta são independentes da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 20/05/2021 às 19h22
Equipe cirúrgica no Complexo de Medicina Robótica e Alta Tecnologia utiliza o robô Da Vinci Xi
Equipe cirúrgica no Complexo de Medicina Robótica e Alta Tecnologia utilizando o robô Da Vinci Xi. Crédito: Arquivo Hospital Santa Rita

Além de referência no tratamento de câncer e detentor do maior complexo oncológico do Espírito Santo, o Santa Rita se consagra como um Hospital Geral de Grande Porte, com equipamentos de última geração e pioneiro na estruturação do Complexo de Medicina Robótica e Alta Tecnologia, onde estão o robô Da Vinci Xi (plataforma cirúrgica de última geração) e o microscópio neurocirúrgico Zeiss Kinevo 900 – Pacote Premium (o mais completo do mundo).

O Santa Rita também é o hospital capixaba pioneiro na utilização do RAPID – software de inteligência artificial que auxilia a equipe médica nas avaliações de Acidente Vascular Cerebral (AVC), e na aquisição da Impressora 3D de órteses para o desenvolvimento de peças em substituição ao gesso nas imobilizações articulares.

Segundo o diretor geral do Santa Rita, Carlos Clayton Lobato, o hospital possui uma equipe profissional altamente capacitada e especializada que conta com um moderno parque tecnológico para atender as mais diversas especialidades médicas na área oncológica e não oncológica. 

Carlos Clayton Lobato

Diretor geral do hospital Santa Rita

"São equipamentos de última geração que, somados ao nosso atendimento humanizado e ao serviço de hotelaria diferenciada, resultam na melhor atenção médico-hospitalar"
Equipe de neurocirurgia em procedimento com o microscópio Kinevo 900
Equipe de neurocirurgia em procedimento com o microscópio Kinevo 900. Crédito: Arquivo Hospital Santa Rita

NOVOS INVESTIMENTOS

Lobato anuncia que o hospital está com novos investimentos em curso, como o Complexo Materno Infantil Santa Rita; o Complexo Cardioneurovascular e o Complexo de Diagnóstico Avançado, com novos equipamentos para tomografia com inteligência artificial.

O Complexo Materno Infantil Santa Rita será um ambiente acolhedor, preparado para receber mães e bebês com todo conforto, tecnologia e profissionais qualificados para tornar a estada mais segura e confortável. O atendimento aos casos de cardiopatias congênitas reunirá especialistas capacitados para diagnosticar problemas estruturais no coração do bebê ainda dentro do útero materno e realizar procedimentos logo nas primeiras horas após o parto, para salvar a vida do bebê.

Já o Complexo Cardioneurovascular contará com especialistas em cardiologia, neurologia e cirurgia vascular. Dessa forma, adianta Lobato, o paciente será avaliado, acompanhado e tratado de forma interdisciplinar e plena em todos os momentos, quer seja no Pronto-Socorro, UTI Cardioneurovascular, Hemodinâmica, Centro Cirúrgico, apartamentos e consultórios. São especialidades afins que atuarão em conjunto para aumentar, ainda mais, a eficiência do atendimento médico-hospitalar.

E o Complexo de Diagnóstico Avançado será um local com equipamentos que possuem inteligência artificial para proporcionar o melhor e mais assertivo diagnóstico, agilizando a definição médica do tratamento a ser adotado. Tomógrafos computadorizados com inteligência artificial estão previstos para chegar ainda neste primeiro semestre.

UTI Neonatal do Complexo Materno-Infantil Santa Rita. Projeto está em finalização
UTI Neonatal do Complexo Materno-Infantil Santa Rita. Projeto está em finalização. Crédito: Arquiteta Luciana Mameri

O PACIENTE NO CENTRO DO CUIDADO

A presidente da Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (Afecc), mantenedora do Hospital Santa Rita, Marilucia Dalla, chama a atenção para o fato de, no Santa Rita, o paciente sempre estar no centro do cuidado. “Implantamos um novo conceito hospitalar para que a estada do paciente seja mais agradável e confortável enquanto estiver sob os nossos cuidados”, informa.

Marilucia Dalla

Presidente da Afecc, mantenedora do Hospital Santa Rita

"Implantamos um novo conceito hospitalar para que a estada do paciente seja mais agradável e confortável enquanto estiver sob os nossos cuidados"

Ela acrescenta que todas as ações de infraestrutura e performance das equipes são planejadas com foco na humanização, “o que nos enche de orgulho, inclusive por sermos um hospital filantrópico, com mais de 80% do atendimento voltado aos pacientes do SUS em tratamento oncológico, mas que também atendemos a convênio e particular. Somos uma unidade que presta serviços de qualidade em todas as suas frentes de atendimento”, conclui Marilucia.

Saúde Sistema Único de Saúde (SUS) medicina plano de saúde Saúde Hospital Santa Rita de Cássia

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.