ASSINE
Vagner Benezath é relações públicas. Vidrado em café e na cultura que envolve sua cadeia produtiva, trabalha há mais de 10 anos com a bebida, atuando como barista, consultor e torrefador

Dicas de presentes para surpreender quem é apaixonado por café

Chaleiras, moedores, utensílios de extração, cafeteira manual de espresso: não faltam opções para presentear os fãs da bebida nas festas de fim de ano

Publicado em 11/12/2019 às 12h27
Atualizado em 27/03/2020 às 17h32
 Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

Chegou o fim de ano e junto com ele inúmeras confraternizações. É festa de família, amigo-x da firma, encontro dos amigos de infância, entre outras tantas celebrações de laços que mantemos diariamente. Presentear com itens de consumo alimentar têm se tornado um hábito cada vez mais comum, seja com vinhos, cervejas, chocolates e, é claro, café - pois o que não falta é opção para presentear a pessoa que vive com a caneca cheia e no dia a dia não fala de outro assunto senão a nossa bebida favorita. Selecionei algumas dicas de presente, vamos a elas:

CHALEIRAS

Para ter café, precisamos de água e usualmente quente (bebe-se café gelado também e chegaremos a eles, junto com o verão, na próxima coluna). No mercado há desde chaleiras super tecnológicas com bicos próprios para a bebida até modelos mais simples, que esquentam a água até o ponto de fervura.

Na seção hi-tech, a Chaleira Brewista Artisan é o modelo mais desejado atualmente pelos baristas, com programação completa em sua base elétrica, que controla a temperatura desejada para a extração – disponível em cores variadas, a partir de R$ 950 (www.baristalatino.com.br). Um modelo mais simples é o da Cadence, também em cores diversas, com preço a partir de R$ 70, facilmente encontrada em supermercados, lojas de departamento e cafeterias especializadas.

Chaleira Brewista da Artisan. Crédito: Artisan/Divulgação
Chaleira Brewista da Artisan. Crédito: Artisan/Divulgação

MOEDORES

Com versões manuais e elétricas, a gama de moedores de café por aqui também é imensa. O modelo manual da marca japonesa Hario é compacto e ideal para quem gosta de acampar, por exemplo, pois basta regular a granulometria e mover a manivela para ter café moído na hora, que é muito mais saboroso! O preço do Slim gira em torno de R$ 275, em cafeterias especializadas e sites (incluindo frete).

Para quem busca agilidade em volumes maiores de grãos, indico partir para o elétrico, com modelos que variam de R$ 140 a R$ 1.500, valores respectivos do moedor modelo Di Grano da Cadence - sem regulagem definida, porém prático para usuários domésticos com conhecimento - e do Tramontina by Breville - que conta com 60 ajustes de regulagem. Ambos podem ser encontrados em supermercados, cafeterias especializadas e sites.

Moedor elétrico Tramontina by Breville. Crédito: Tramontina/Divulgação
Moedor elétrico Tramontina by Breville. Crédito: Tramontina/Divulgação

UTENSÍLIOS

É mais um item do apaixonado por café em que a variedade de preços é enorme. Há desde produtos mais em conta, como a prensa francesa encontrada em supermercados da Grande Vitória por cerca de R$ 30, até a alemã Chemex, que consiste em um jarro de vidro com filtros compostos por dobraduras que extraem um café leve, porém com bastante corpo e adocicado. O valor de uma Chemex gira em torno de R$ 550 (jarra e filtros), e também é facilmente encontrada em cafeterias especializadas.

Cafeteria manual de espresso Aram . Crédito: Instagram Aram/Reprodução
Cafeteria manual de espresso Aram . Crédito: Instagram Aram/Reprodução

Para quem gosta de beber um espresso incrível em casa, a cafeteira manual brasileira Aram Coffee Maker é o destaque, com sistema completamente desplugado, você precisa apenas de café moído na granulometria correta e de água quente para extrair uma xícara bem equilibrada. O equipamento custa a partir de R$ 1.590, com venda somente pelo site www.br.aram.coffee.

Uma sugestão bem legal é o kit da Hario, modelo V60, que inclui jarra de vidro, porta filtro de acrílico e 40 filtros de papel. Custa em torno de R$ 140 nas cafeterias e já vai pronto para a pessoa presenteada estrear servindo café na ceia.

Kit com acessórios para extração de café da Hario . Crédito: Hario/Divulgação
Kit com acessórios para extração de café da Hario . Crédito: Hario/Divulgação

CAFÉS

Falamos de utensílios, mas fim de ano merece também um cafezaço diferente, não é mesmo? Temos no Estado os grãos ganhadores do prêmio Coffee of the Year (o arábica, do Sítio Recanto dos Tucanos, é vendido online pelo www.sitiorecantodostucanos.com.br), e também inúmeras boas marcas disponíveis em cafeterias e delicatéssens da região metropolitana (Tulha Cafeteria, Caffè Lorenzon, Carnielli Cafeteria, Kaffa Cafeteria, Zayin Café, entre outras).

Vá até uma delas e converse com os baristas e atendentes. Peça dicas, informe sobre as referências sensoriais de que você gosta ou com que gostaria de presentear, e surpreenda. Estamos em uma época boa, pós-colheita, em que os cafés estão frescos em toda sua cadeia até o consumidor final.

CURSOS

Por que não presentear com conhecimento? Café de qualidade é feito com informação, e até na extração de uma simples xícara, se houver educação nos processos, será ainda melhor. As casas especializadas há anos investem em cursos para clientes comuns pelo Brasil afora, seja ele de sensorial, de métodos de extração e de áreas afins de consumo. Consulte na cafeteria que você freqüenta.

Acompanhe o colunista no Instagram.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.