ASSINE
A jornalista Renata Rasseli cobre os eventos sociais, culturais e empresariais mais importantes do Estado. Sua marca é aliar notícias a tendências de moda, luxo, turismo e estilo de vida

Campanha "Juntos pela mama" ganha apoio do Governo do ES

A ação, criada por mèdicos e empresários capixaba,  visa reduzir a zero a fila de espera para cirurgias de tratamento do câncer de mama no Espírito Santo

Publicado em 07/10/2020 às 19h03
O oncologista Vítor Fiorin, a mastologista Daniele Chambô, o Governador Renato Casagrande, a primeira-dama Virginia Casagrande e a provedora da  Santa Casa de Vitória Maria da Penha D'Avila
O oncologista Vítor Fiorin, a mastologista Daniele Chambô, o governador Renato Casagrande, a primeira-dama Virginia Casagrande e a provedora da Santa Casa de Vitória Maria da Penha D'Avila. Crédito: Hélio Filho

A primeira-dama Virgínia Casagrande e o governador do Estado Renato Casagrande “vestiram a camisa” literalmente no Palácio Anchieta, nesta quarta-feira (07/10) de uma causa mais do que nobre. Ambos receberam uma comitiva da Santa Casa de Misericórdia de Vitória para conhecer a campanha Juntos Pela Mama.

O movimento, criado por médicos e empresários capixabas, tem como principal objetivo a arrecadação de doações para promover melhorias no atendimento a pacientes em tratamento de câncer de mama pelo SUS. Entre as principais metas está zerar a fila de espera por atendimento à doença.

Foram recebidos no palácio a provedora da Santa Casa, Maria da Penha Rodrigues D’Avila, e os médicos idealizadores da campanha, a mastologista Danielle Chambô e o oncologista clínico Vitor Fiorin. As doações, em qualquer valor, podem ser feitas via PicPay na conta @juntospelamama, pelo site oficial - www.juntospelamama.com.br - ou mesmo adquirindo camisa, boné ou máscara no site e nas lojas físicas da marca capixaba Origens.

OBJETIVOS DA CAMPANHA

Dentre os principais objetivos da campanha está a construção de uma nova sala cirúrgica e eliminar a fila de espera para a realização dos procedimentos que atualmente é de seis meses. Além disso, a nova sala proporcionará um aumento de 10 para 60 no número de cirurgias por mês no hospital. Em termos práticos significa tornar o tratamento mais eficaz, humanizado, acessível em tempo adequado e sem burocracias para mais pessoas.

Outro objetivo a ser alcançado com a campanha é conseguir fundos para a compra de clipes de titânio. Através deles é possível ser realizada a técnica de clipagem metálica que isola o tumor dentro da mama antes do início da quimioterapia, permitindo assim poupar a mama saudável no momento da cirurgia. Hoje em dia, inevitavelmente a técnica utilizada é de retirada total da mama.

Por fim, outra meta da Juntos Pela Mama é a introdução das “toucas geladas” de forma inédita a pacientes do SUS.  Também chamada de touca hipodérmica sua função é contrair os vasos sanguíneos durante a sessão de quimioterapia. Com isso, o remédio que circula pelo sangue da paciente não chega a locais indesejados, como o couro cabeludo, e por isso, não ocasiona a queda dos fios na região da cabeça das mulheres. Para isso é necessário arrecadar R$ 650 mil.

Criada em setembro de 2020 por dois médicos do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória com a ajuda de empreendedores capixabas têm o propósito de melhorar a realidade do tratamento do câncer de mama no Espírito Santo. Para isso, diversos objetivos foram traçados visando potencializar os atendimentos na Santa Casa, oferecendo ao local novos métodos para garantir que mais cidadãos possam ter acesso a tratamentos mais eficazes.

Outubro rosa câncer

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.