ASSINE
Uma jornalista que ama os animais, assim é Rachel Martins. Não é a toa que ela adotou duas gatinhas, a Frida e a Chloé, que são as verdadeiras donas da casa. Escreve semanalmente sobre os benefícios que uma relação como essa é capaz de proporcionar

Mesmo com a pandemia, mercado pet cresce no Brasil e no Espírito Santo

No final de maio, está programada a segunda edição da Pet Fair ES, em Vitória. O objetivo é mostrar as tendências e novidades do setor aos empreendedores do setor

Publicado em 02/03/2021 às 02h00
Consumo de produtos pet durante isolamento devido a Covid-19 aumentou bastante
O comércio eletrônico de produtos para pets, de acordo com dados do IPB, registrou um aumento de 65,5% no faturamento, pulando de R$ 1,49 bilhão para R$ 2,47 bilhões entre os dois primeiros trimestres de 2020. Crédito: Freepik

O mercado pet no Brasil só cresce segundo especialistas do setor. De acordo com o Instituto Pet Brasil (IPB), em 2019 o faturamento no segmento somou 35,4 bilhões, um aumento de 3% comparado ao ano de 2018. Atualmente, o país tem cerca de 141,6 milhões de animais de estimação, sendo 55,1 milhões de cães e 24,7 milhões de gatos.

E em 2020, pelo jeito, o isolamento social só ajudou o setor a crescer mais ainda em todas as categorias, tanto que o país se tornou, de acordo com um levantamento da Euromonitor Internacional, o segundo maior mercado de produtos pets, com 6,4% de participação global, ficando pela primeira vez acima do Reino Unido, perdendo apenas para os Estados Unidos, que fica com a maior fatia, 50%.

Consumo de produtos pet durante isolamento devido a Covid-19 aumentou bastante
Consumo de produtos pet durante isolamento devido a Covid-19 aumentou bastante. Crédito: Freepik

Esse crescimento em 2020, segundo os especialistas, ocorreu porque as pessoas ficaram mais em casa e, consequentemente, mais tempo com os seus pets (lembrando que os pet shops continuaram abertos, contribuindo para o aumento do consumo direcionado aos animais de estimação). Inclusive, cresceu também o número de adoções por parte de quem já estava ensaiando levar um “filho de quatro patas” para dentro de sua vida.

O comércio eletrônico de produtos para pets, de acordo com dados do IPB, registrou um aumento de 65,5% no faturamento, pulando de R$ 1,49 bilhão para R$ 2,47 bilhões entre os dois primeiros trimestres de 2020, quando já havia o isolamento imposto pela Covid-19 no Brasil. Destaque para os produtos alimentícios (47,8%). Em seguida vem os produtos médicos, como remédios e vacinas (18%), e os serviços veterinários (12%).

E ao que tudo indica, segundo a Euromonitor Internacional, esse crescimento do mercado pet deve continuar, alcançando 42,7% entre 2020 e 2025, com faturamento médio de R$ 35 bilhões. E essa força do segmento vem atraindo tanto as empresas já estabelecidas, que precisam manter o ritmo de crescimento, quanto os novos empreendedores, que enxergam esse cenário promissor para investir em um novo negócio.

Feira de mercado pet em Vitória

Agora que você já sabe que o mercado pet é promissor, que tal saber quais são as novidades e as tendências do segmento para os próximos anos? Uma boa chance, então, é começar a se programar para participar da segunda edição da Pet Fair ES, nos dias 29 e 30 de maio de 2021, das 15 às 22 horas, no Centro de Convenções de Vitória.

O objetivo do evento, além de oferecer opções de diversão para toda a família, é mostrar a potencial geração de negócios com profissionais e empresas que atuam neste segmento. Desde 2019, o evento apresenta um conceito diferenciado de experiência pet com uma seleção rigorosa de todos os fornecedores envolvidos.

Pandinha
Pandinha já é presença confirmada na Pet Show, evento que acontecerá dentro da Feira. Crédito: Divulgação

É bom ressaltar que o mercado pet capixaba também tem apresentado constante crescimento. Segundo o Sebrae-ES, são 1.985 pequenas empresas no comércio de artigos e de alimentos para animais de estimação e 648 no ramo de higiene e embelezamento no Estado. Além disso, de acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), de 2019, divulgada pelo Instituto de Geografia e Estatística (IBGE), 637 mil domicílios no Espírito Santo possuem cães ou gatos, isso sem contar os outros animais de estimação, como aves, peixes, répteis, etc.

O empresário e idealizador da Pet Fair ES, Eder Mota, adianta que diversas ações estão sendo programadas para os dois dias de feira. “Fizemos um mix entre atividades que já foram sucesso na primeira edição com algumas novidades que também prometem cair no gosto do público. A ideia é promover uma troca de experiências e vivências entre os amantes de pets. Serão cerca de 60 estandes e quase dez ações diferenciadas para levar muita interação ao público”, antecipa.

Mônica e Magali
Mônica e Magali. Magali também particiárá do evento em Vitória. Crédito: Divulgação

Dentre as atrações que estão sendo preparadas pela organização do evento, estão: um espaço de recreação para pets e crianças; um desfile pet que passa a ser nos dois dias do evento, devido ao grande sucesso na última edição; uma feira de adoção de animais, que também ocorrerá nos dois dias do encontro; uma programação científica com profissionais experientes neste mercado; e um local para oferecer experiências para os visitantes com serviços gratuitos, brindes, ambientes instagramáveis, palestras e oficinas para tutores.

Aliás, as doguinhas Pandinha e Magali, que são sucesso nas redes sociais, já são presenças confirmadas na Pet Show, que ocorrerá dentro da programação da Pet Fair ES. As spitz famosas venceram a ação chamada “Pet Folia”, promovida pela organização do evento em fevereiro de 2020, por isso serão destaque nos desfiles deste ano.

Serviço:

Pet Fair ES

Data: 29 e 30 de maio de 2021

Horário: das 15 às 22 horas

Local: Centro de Convenções de Vitória.

Pets

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.