ASSINE
Seu jornal com uma dose de ironia

Bomba de combustível já assusta mais do que arma de fogo, diz pesquisa

Capixabas já sofrem com o aumento dos preços nos postos de combustíveis em todo o Estado

Vitória
Publicado em 31/08/2021 às 06h01
Carro sendo abastecido
Bico de abastecimento dá mais medo no capixaba do que arma de fogo. Crédito: Rudy e Peter Skitterians / Pixabay

O capixaba anda assustado com o preço da gasolina no último mês. Segundo o instituto de pesquisa Vox Fofocoli, 96,30% dos capixabas tem mais medo da bomba de gasolina do que de uma arma de fogo.

Entrevistados afirmaram ainda que a pergunta “Completar hoje, chefia?”, feita habitualmente por frentistas, provoca aumento do ritmo cardíaco e até mesmo, em casos mais severos, síndrome do pânico.

O instituto Vox Fofocoli ouviu 30 motoristas de aplicativo, 30 motoristas de fim de semana, 20 entregadores, 10 frentistas e 10 fiscais de parquímetro, somando 100 pessoas. As entrevistas foram feitas na última semana em bairros da Grande Vitória.

Este vídeo pode te interessar

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Grande Vitória Humor Combustível

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.