ASSINE

Vice-reitora volta atrás e vai disputar o comando da Ufes

Após a eleição, uma lista tríplice será enviada ao presidente da República para escolha do novo reitor. Pela lei, ele não é obrigado a escolher o mais votado.

Publicado em 03/10/2019 às 20h12
Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Goiabeiras. Crédito: Ricardo Medeiros
Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Goiabeiras. Crédito: Ricardo Medeiros

A vice-reitora da Ufes, Ethel Maciel, desistiu de desistir. Ela resolveu ser candidata à reitoria da Ufes na eleição que será realizada em novembro, em data a ser marcada pela comissão eleitoral. “Os diretores dos centros de ensino me pediram para reconsiderar minha decisão de não concorrer”, diz a atual vice-reitora de Reinaldo Centoducatte.

“Muitos membros da comunidade querem uma chapa mais progressista. Minha plataforma é de defesa da educação pública gratuita e de qualidade e dos direitos sociais”, destaca.

Ethel, que já havia assinado um contrato para atuar no Programa Global de Tuberculose da Organização Mundial da Saúde (OMS), deve enfrentar uma chapa com integrantes da direita e ligada ao governo federal.

Após a eleição, uma lista tríplice será enviada ao presidente da República para escolha do novo reitor. Pela lei, ele não é obrigado a escolher o mais votado.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.