ASSINE
Jornalista de A Gazeta há 10 anos, está à frente da editoria de Esportes desde 2016. Como colunista, traz os bastidores e as análises dos principais acontecimentos esportivos no Espírito Santo e no Brasil

Déborah Medrado e Geovanna Santos: sonho realizado nas Olimpíadas de Tóquio

Atletas capixabas competiram nas provas por conjunto da ginástica rítmica e agradeceram à torcida do ES

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 07/08/2021 às 03h58
Déborah Medrado e Geovanna Santos fizeram bonito nos Jogos Olímpicos de Tóquio
Déborah Medrado e Geovanna Santos fizeram bonito nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Crédito: Vitor Jubini

Olimpíada nem sempre é sobre medalhas. É claro que todo mundo quer ganhar e ninguém quer perder, e toda conquista deve ser muito comemorada. Entretanto, o espírito olímpico permite e incentiva a se alegrar com narrativas além dos resultados, como histórias de superação, trajetórias e realização de sonhos, caso das capixabas Déborah Medrado e Geovanna Santos, que representaram o Espírito Santo e o Brasil na competição por conjuntos da ginástica rítmica, em Tóquio. 

O 12º lugar geral na competição que aconteceu no Ariake Gymnastics Centre, na noite desta sexta-feira (06), e consequentemente a eliminação nos Jogos Olímpicos,  não conseguiram tirar o brilho das atletas, que estavam radiantes por estarem em um Olimpíada, entre os melhores competidores de alto rendimento do mundo.

“Sensação de dever cumprido. Passa um filme na cabeça de tudo o que aconteceu até a gente chegar aqui. Nós somos vencedoras só de ter chegado até aqui e ter conseguido superar a primeira série que teve uma fatalidade. Não tem preço. Me emociono muito. Toda a vez que a gente acaba a série feliz, eu tenho reações espontâneas, mas ali eu fiquei fora de mim. Fiquei muito muito feliz. Foi uma sensação maravilhosa", comemorou Déborah. 

“Meu sentimento é de gratidão, realização de um sonho. Desde pequena eu falava que queria estar na seleção e que o meu maior sonho era disputar as Olimpíadas. Eu acredito que a Olimpíada é o ápice de qualquer atleta de alto rendimento. E poder realizar esse sonho com esse time é incrível é uma realização. Estou muito feliz", vibrou Geovanna.

Com capixabas, quinteto brasileiro se apresenta nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Olimpíadas
O quinteto brasileiro se apresentou ao som de Hymns to God, de Offer Nissim/ The Israeli Opera. Vitor Jubini
Olimpíadas
Quem é ela, Gabriela? Não, é a capixaba Déborah Medrado escondida atrás da bola. Vitor Jubini
Olimpíadas
A apresentação brasileira durou 2m30s e uma falha no finalzinho diminuiu a boa pontuação que vinha fazendo. Vitor Jubini
Olimpíadas
Faltando poucos segundos para o fim da apresentação com a bola, o Brasil cometeu uma falha grave. Vitor Jubini
Olimpíadas
Déborah Medrado mostrou muita concentração durante a exibição em Tóquio. Vitor Jubini
Olimpíadas
Na apresentação com a bola, o Brasil acabou em 13º de 14 delegações participantes. Vitor Jubini
Olimpíadas
Geovanna é uma das ginastas que formam o time do Brasil na ginástica Rítmica. Vitor Jubini
Olimpíadas
A ginasta capixaba Déborah Medrado mostrou domínio com a bola. Vitor Jubini
Olimpíadas
A outra capixaba do Time Brasil, Geovanna Santos, também mostrou boa desenvoltura. Vitor Jubini
Com capixabas, quinteto brasileiro se apresenta nos Jogos Olímpicos de Tóquio
Com capixabas, quinteto brasileiro se apresenta nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Vitor Jubini
Com capixabas, quinteto brasileiro se apresenta nos Jogos Olímpicos de Tóquio
Com capixabas, quinteto brasileiro se apresenta nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Vitor Jubini
Com capixabas, quinteto brasileiro se apresenta nos Jogos Olímpicos de Tóquio
Com capixabas, quinteto brasileiro se apresenta nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Vitor Jubini
Com capixabas, quinteto brasileiro se apresenta nos Jogos Olímpicos de Tóquio
Com capixabas, quinteto brasileiro se apresenta nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Vitor Jubini
Com capixabas, quinteto brasileiro se apresenta nos Jogos Olímpicos de Tóquio
Com capixabas, quinteto brasileiro se apresenta nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip. Vitor Jubini
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip
As capixabas Geovanna Santos e Déborah Medrado fazem parte da equipe de ginástica rítmica do Brasil em Tóquip

CARINHO DA TORCIDA

As duas ginastas agradeceram o carinho da torcida capixaba, que mandou muitas mensagens e boas energias.  "Quero agradecer a todo mundo. Nós recebemos muitas mensagens. Com certeza todo mundo ficou acordado até agora mandando energias positivas", contou Déborah.  

Já Geovanna destacou que a torcida capixaba tem um  lugar especial em seu coração. "Queria mandar um beijo para minha família que sempre me apoiou. À minha treinadora e a todas as pessoas que sempre me apoiaram e torceram. Espírito Santo está sempre junto com a gente e tem um espaço no nosso coração. Estou muito feliz de estar representando o Estado e a nossa nação", pontuou.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.