ASSINE
Bastidores e informações exclusivas e relevantes sobre os negócios e a economia do Espírito Santo

"O próximo apagão será o portuário", afirma executivo de Portocel

Alexandre Mori, gerente executivo do terminal especializado em celulose, afirma que estrutura atual do complexo portuário brasileiro não vai comportar volta do crescimento

Publicado em 19/06/2022 às 04h31
Porto - navio - carga
Crédito: Carlos Alberto

Alexandre Mori, gerente-executivo de Portocel, afirma que, do jeito que as coisas estão caminhando, o próximo apagão a ser enfrentado pela economia brasileira é o portuário. "Estamos observando, durante a pandemia, uma série de apagões nas cadeias de produção. Já falamos de chips, condutores elétricos e uma série de outros insumos. Quando o Brasil voltar a crescer, e eu confio que isso acontecerá, teremos um problema grave para escoar e receber cargas. É o próximo apagão".

Especialista na área e à frente do terminal que tem Suzano (51%) e Cenibra (49%) como sócios, Mori afirma que os investimentos, em todas as áreas, estão represados, o que pressiona o sistema. "Tem muita coisa para sair nas mais diversas áreas, inclusive na logística. Quando isso começar a se desenrolar, os terminais ainda não estarão prontos, é o nosso próximo gargalo".

Diante deste cenário, ele enxerga uma boa possibilidade de Portocel ampliar seu espaço para cargas de terceiros e agregar valor à sua operação. Ainda há uma ociosidade de 800 mil toneladas/ano (tomando por base carga de celulose) no terminal. "Estamos conversando com interessados em usar nossa área, creio que teremos novidades para breve. Estamos trabalhando forte em ganhos de eficiência, mais para frente poderemos discutir uma eventual ampliação".

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.