ASSINE
Bastidores e informações exclusivas e relevantes sobre os negócios e a economia do Espírito Santo

Leonardo Da Vinci: novos donos vêm a Vitória e preparam investimentos

Graeme Crawford, presidente do grupo inglês Inspired Education, passou a quarta-feira em Vitória e saiu bastante satisfeito com o que viu

Publicado em 06/07/2022 às 17h38
Colégio Leonardo Da Vinci em Vitória
Colégio Leonardo Da Vinci, em Vitória. Crédito: Vitor Jubini

Graeme Crawford, presidente do grupo inglês Inspired Education, proprietário do Centro Educacional Leonardo Da Vinci, passou a quarta-feira (06) em Vitória conhecendo os gestores, os professores e a estrutura do colégio. Dona de 90 escolas em todo o mundo, a companhia sediada em Londres comprou a rede de escolas Eleva, da qual o Leonardo fazia parte, em maio deste ano. O executivo saiu daqui muito bem impressionado e prometendo investimentos.

"Fiquei muito satisfeito com a estrutura pedagógica, esportiva, com a parte artística e com as pessoas. É um espaço de excelência, que é onde atuamos, com uma estrutura fantástica. Já estamos olhando para o currículo e analisando onde podemos investir para melhorar e adicionar valor".

Questionado sobre expansão, o executivo sul-africano afirmou que está no planejamento da Inspired ampliar as instalações do colégio em Santa Lúcia. "Trata-se de uma marca muito forte e temos um espaço para crescimento aqui mesmo onde estamos instalados. Está no planejamento".

Ciente de que o controle acionário da escola passou por algumas mudanças nos últimos anos, Graeme Crawford procurou tranquilizar os pais de alunos. "Somos um grupo estável e harmonioso. Fundei mais de 20 escolas, todas com relações muito parecidas com as que norteiam o Leonardo Da Vinci. Fiquem muito tranquilos".

Fundado em 1990 pelos professores Maria Helena e José Antônio Pignaton, o Centro Educacional Leonardo Da Vinci foi vendido por seus fundadores, em abril de 2018, para o conglomerado de educação Kroton, que no ano seguinte passou a se chamar Cogna. Em fevereiro de 2021, a Eleva Educação, grupo brasileiro focado em educação básica, comprou a parte da Cogna onde estava o Leonardo. Em maio deste ano, o Grupo Eleva foi comprado pela inglesa Inspired Education, que hoje são os proprietários do colégio. 

Lorena Rassele Croce (coordenadora Leonardo Da Vinci), Mário Broetto (diretor do Leonardo Da Vinci), Graeme Crawford (presidente da Inspired) e Marcio Cohen (CEO Americas da Inspired)
Lorena Rassele Croce (coordenadora Leonardo Da Vinci), Mário Broetto (diretor do Leonardo Da Vinci), Graeme Crawford (presidente da Inspired) e Marcio Cohen (CEO Americas da Inspired). Crédito: Divulgação/Leonardo Da Vinci

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.